Livro traz gestão de processos e 
pessoas para aprimorar negócios


Lançamento "Administrando sistemas, gerindo processos e engajando pessoas"
 chega para alavancar desempenho empresarial


Seja em um momento de crise ou de bons ventos da economia, levar o negócio ao desempenho máximo é algo primordial para qualquer empresa. O lançamento “Administrando sistemas, gerindo processos e engajando pessoas”, de Luiz Otávio Goi Jr., é um livro que traz boas práticas de gestão, aplicáveis a grandes e pequenas companhias. A obra traz ferramentas e metodologias para desenvolvimento de uma gestão empresarial organizada.
A proposta da obra é nortear diversos profissionais, sejam eles iniciantes na carreira, técnicos de sistemas ou gestores. “O livro tem uma linguagem fácil, então, mesmo quem não tem o hábito da leitura o compreenderá muito bem. A obra orienta em como melhorar estrategicamente o negócio, desde sistemas implementados até o engajamento profissional da equipe”, explica o autor. 
livro chega às lojas com 116 páginas, nas quais Luiz dá detalhes de uma boa gestão, unindo sistemas, processos e pessoas. “Uma das teses em que defendo é que, para uma gestão correta, é necessário administrar o sistema da empresa  voltado para uma boa gestão – ou seja, ter uma estratégia para coordenar o todo (frente a frente). Além disso, acompanhar como os processos funcionam e,  principalmente, engajar as pessoas diariamente fazem parte do pilar que proponho no título.”
Durante a trajetória profissional, o autor vivenciou as dores de empresas de diferentes tamanhos. Essa bagagem levou a estudar e reunir ferramentas úteis e práticas para o dia a dia de companhias. Após acompanhar e dar manutenção em sistemas de gestão em diversos contextos, Luiz reuniu, no lançamento, o que considera ser um guia de bolso para qualquer negócio.
“Acho de extrema importância trazer para a literatura o que possuo de bagagem e experiência em processos tecnológicos voltados para gestão. Por apresentar ferramentas simples e sem a necessidade de custos adicionais, as soluções apresentadas no título se aplicam a qualquer empresa. Cada exemplo é acompanhando de uma explicação prática, o que facilita a compreensão e aplicação”, afirma Luiz.
A obra “Administrando sistemas, gerindo processos e engajando pessoas” é um lançamento da editora Chiado Books e está disponível em todo o Brasil. Livrarias como Cultura, Curitiba, Amazon, Martins Fontes paulista e Travessa oferecem o livro. Além disso, e-commerces como Extra, Ponto Frio, Submarino e Americanas são outros canais online para encontrar o título, que tem preço sugerido de R$ 33.
Sobre o Autor
Luiz Otávio Goi Jr. tem formação na área ambiental, especialista em educação, sistemas de gestão integrados e MBA em Gestão empresarial. Tem expressiva vivência em gestão no ramo da indústria, no qual soma mais de 14 anos de experiência nos ramos automobilístico, energia e bens de consumo. Atualmente, é executivo em sistemas de gestão em indústria de grande porte, autor do livro “Administrando sistemas, gerindo processos e engajando pessoas” e publica artigos periódicos voltados a sistemas de gestão em revistas e páginas técnicas na área.
Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Continue lendo...

Livro “As Aventuras de Mike” será lançado em Portugal
Escrito pelos youtubers Gabriel Dearo e Manu Digilio, a obra que já vendeu
 mais de 60 mil exemplares no Brasil agora chega à Europa  
Descrição: cid:image001.jpg@01D64653.2B3F0AB0

Lançado no Brasil, em setembro de 2019, o livro “As Aventuras de Mike” um dos mais vendidos no país, segundo o ranking da Saraiva, com mais de 60 mil exemplares , cruzou fronteiras e chegou em terras europeias.

A obra criada pelos youtubers Gabriel Dearo e Manu Digilio, que somam quase 11 milhões de inscritos em seus canais, será lançada em Portugal no próximo dia 07 de julho.

Apesar de lançar um livro no momento em que estamos vivendo, não temos palavras para expressar tamanha felicidade. É uma conquista incrível nosso livro chegar na Europa”, comemora Manu Digilio.  

livro, que é voltado para o público infantojuvenil, foi criado em formato de diário e traz em tirinhas os personagens do canal “Falaidearo”, interpretadas pelo próprio casal, que formam uma família divertida, comum e muito querida pelos seguidores, como Mike, Priminha Irritante e Robson, a capivara de estimação. Além disso, a obra envolve o leitor em diversas situações vividas pelos personagens, ao longo de um semestre.

Inspirado na aparência de cada personagem, através dos vídeos, e analisando gostos e imagens de cada um deles, o livro ilustrativo se tornou visualmente acessível até mesmo para as crianças que ainda não sabem ler. A primeira obra lançada pelo casal conta com 144 páginas, pela Editora Planeta.

O lançamento será à distância, já que o  casal não poderá viajar à Europa. “A princípio, a ideia era estarmos em Portugal para fazer o lançamento oficial, com sessão de autógrafos e contato com o público lusitano, que tanto nos prestigia em nossos canais. Infelizmente com a pandemia que se espalhou pelo mundo tivemos que mudar os planos.”, explica Gabriel Dearo.  

Enquanto comemoram o sucesso internacional do primeiro livro, os youtubers se preparam também para a chegada da segunda obra, que está sendo finalizada. Em breve estará nas livrarias de todo o Brasil e, quem sabe, do mundo?!  

Fonte: assessoria de imprensa 
Leia Mais ►

Continue lendo...

Pedagogia dos sonhos possíveis,
 Paulo Freire
Publicado originalmente em 2014, Pedagogia dos sonhos possíveis (Paz & Terra, 400 págs, R$ 69,90) é composto de depoimentos, conferências, ensaios, cartas e diálogos. 

Além de insistir na unidade indissolúvel entre teoria e prática, convence-nos da necessidade do respeito aos direitos humanos, da tolerância com o diferente e da inviabilidade da existência humana sem as utopias, sem a esperança e sem os sonhos. 

Organizado por Ana Maria Araújo Freire, Pedagogia dos sonhos possíveis tem prefácio da educadora Ana Lúcia Souza de Freitas.


Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Continue lendo...

Dicas de um pai de santo, 
Pai Paulo de Oxalá


Escrito por Pai Paulo de Oxalá, um dos babalorixás mais respeitados do Brasil e pesquisador da cultura afro-brasileira, Dicas de um pai de santo traz saberes, mandingas e preces para todas as horas.

Com dicas para cada um dos meses do ano e orações e preces o livro também aborda os cuidados ao se praticar as magias e traz diversas “mandingas” para conquistar ou recuperar o amor, para proteção, prosperidade, abrir caminhos, conseguir emprego, atrair clientes, adoçar o chefe, afastar a negatividade, ter saúde, comprar imóvel e alugar carro, além de banhos de descarrego. 

Fonte: assessoria de imprensa 
Leia Mais ►

Continue lendo...

            Pânico

Até onde você iria para escapar da sua vida? Em Pânico (Verus Editora, 336 págs, R$ 49,90) a autora best-seller Lauren Oliver, vai deixar os leitores sem ar. No Pânico, o perigoso jogo disputado pelos formandos do ensino médio as apostas são altas e a recompensa é ainda maior.  Heather jamais pensou em competir até que encontra algo — e alguém — por que lutar e descobre que é mais corajosa do que imaginava.

Já Dodge nunca teve medo do Pânico. O segredo que ele guarda vai servir de estímulo e levá-lo até o fim do jogo. O que Dodge não sabe é que ele não é o único com um segredo. Todo mundo tem um motivo para jogar. Para Heather e Dodge, o jogo trará novas alianças, revelações inesperadas e a possibilidade do primeiro amor — e o conhecimento de que, às vezes, aquilo que tememos é o que mais precisamos. 

Pânico captura tanto a energia bruta do medo quanto a necessidade dolorosa de encontrar um lugar para pertencer, em uma narrativa envolvente de amizade, coragem e esperança.

Fonte: assessoria de imprensa 
Leia Mais ►

Continue lendo...

O som do nosso coração


A vida da heroína de O som do nosso coração (Ed. Record, 406 págs, R$ 44,90), Melody King, não é nada fácil. Desde que sofreu um acidente e bateu a cabeça, ela adquiriu um estranho distúrbio: ela canta quando está ansiosa. E não só canta — alto, bem alto e às vezes errado —, como dança, faz performances e emenda uma música na outra, com letras sempre relacionadas à situação em questão.

 Como se isso já não fosse ruim o bastante, Melody está constantemente ansiosa. Seu marido, Dev, desapareceu há onze anos sem deixar rastros, e ela tem dois filhos adolescentes problemáticos: Flynn — que vive se envolvendo em brigas na escola por causa do bullying que sofre — e a caçula Rose — a supergênia e aluna exemplar que não consegue superar o desaparecimento do pai. 

Uma família unida e relativamente feliz, até Rose encontrar um relatório no site de pessoas desaparecidas de alguém cuja descrição bate com a do pai. Será que Dev está vivo?

Fonte: assessoria de imprensa 
Leia Mais ►

Continue lendo...

 "Pelos Caminhos da História da Associação Comercial e Empresarial de Nova Lima" 
89 anos de história: livro registra gerações de comerciantes da cidade

Livro “Pelos Caminhos da História da Associação Comercial e Empresarial de Nova Lima”

O que os empreendedores de quase 100 anos atrás da cidade de Campos de Congonhas, hoje Nova Lima, podem ensinar aos empresários modernos? São muitas as lições registradas no Livro “Pelos Caminhos da História da Associação Comercial e Empresarial de Nova Lima”, que relata experiências de lideranças que passaram pela entidade de 1931 até 2020. Nas páginas, os relatos de empreendedorismo numa cidade de interior com um potencial gigante de mercado em função da mineração, e que sempre atraiu olhares do mundo todo.
livro apresenta a experiência dos gestores que administraram a entidade ao longo de 89 anos. A iniciativa é da empresária Tatiane Ribeiro, primeira mulher a presidir a associação e que ficou à frente dos trabalhos nos últimos seis anos. “São tantas as histórias incríveis ao longo dessas décadas que sentimos a necessidade de registrar tanta informação preciosa. O livro é uma homenagem aos comerciantes antigos, mas, sobretudo, uma oportunidade de aprendizado aos jovens empreendedores” afirma.

Fundada em 1931, a história da ACE Nova Lima se confunde mesmo com a da cidade. O trabalho de pesquisa foi elaborado pela jornalista nova-limense Juliana Ferreira Silva Rocha e é resultado de horas de entrevista e incontáveis conversas com os comerciantes e seus familiares. “Agora a cidade tem um importante registro de seu passado comercial compilada em um livro, que não deixa de ser um legado importante e uma celebração de tantas conquistas”, avalia.

Pandemia
Com mais de 90 mil habitantes, e muito próxima da capital mineira, Nova Lima é cenário de roteiros turístico, gastronômico, cervejeiro, esportivo e cultural. Hoje, são 319 anos contando a história das riquezas minerais do estado de Minas Gerais e 129 anos de emancipação político-administrativa. Em meio à pandemia do novo coronavírus, o comércio da cidade tem buscado superar o momento de isolamento social. “Estamos vivendo um dos momentos mais difíceis desde a fundação da ACE Nova Lima. Mas não é o primeiro que enfrentamos. Por isso estamos otimistas e sei que vamos superar esta fase com boas histórias que certamente renderiam mais um livro”, enfatiza Tatiane Ribeiro.

Fonte: assessoria de imprensa 
Leia Mais ►

Continue lendo...

Livro transforma poesia num 
mosaico de sentimentos



Um mural de camadas que vão se sobrepondo umas às outras. Essa é a sensação que a escritora Alexandra Vieira de Almeida pretende transmitir para o leitor por meio do livro "Painel", que chega à sua segunda edição. A ideia é criar, por meio das poesias, um mosaico com elementos variados, misturando, em suas páginas, o subjetivo, o onírico e o denso.

Segundo a autora, a obra se caracteriza principalmente pela pluralidade. A escritora explica que o título do livro tem ligação com a representatividade de um mosaico, como um verdadeiro caleidoscópio, onde o sonho e a realidade se mesclam. Para a poeta consagrada Astrid Cabral, a poesia de Alexandra "nocauteia a realidade".

Nas páginas, a poeta carioca procura a metáfora como forma de apresentar a potência poética junto de diferentes imagens dimensionadas pelo onírico. Símbolos do inconsciente são lapidados pela arte como forma de trazer o interior para o exterior. "O dentro e o fora se conjugam belamente em muitos dos poemas metalinguísticos que abordam o próprio fazer da poesia", comenta Alexandra.

Para Marcelo dos Santos, Doutor em Literatura Comparada pela UERJ, responsável pela orelha de "Painel", a escritora "conduz o leitor para um lugar poético, construído por seus versos imagísticos no momento mesmo em que convite e imaginação se articulam".


Ficha técnica:
Livro: Painel, segunda edição
Autora: Alexandra Vieira de Almeida
Gênero literário: Poesia
Editora: Penalux
Tamanho: 21 cm x 14 cm
Páginas: 98
Preço: R$ 38,00

Link para comprar: https://www.editorapenalux.com.br/loja/painel?search=painel

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Continue lendo...


Inspirado pelo luar, que acompanha os passos da autora Roseana Murray, com a Lua Nos Olhos traz belos poemas

Formas inusitadas de ver o amor, os pensamentos, o céu e o mar fazem parte desta
obra – belamente ilustrada por Regina Rennó
Olhar para a lua e sentir sua luz, com o mesmo espanto de como se fosse a primeira vez. Essa sensação poética, descrita por Mario Quintana, desde muito cedo foi percebida pela autora de Com a lua nos olhos, Roseana Murray. Neste seu novo trabalho, lançado pela Editora do Brasil, Roseana passeia por um mundo de sentidos e visões, entre poemas e textos curtos, que têm o luar e seu fascínio como tema central.

“Se é lua cheia,

posso ver em sua pele,
em sua superfície,
um alfabeto estranho.
Será um poema lunar?
Um poema que a lua 

escreve pro mar?

E a poesia inunda 
meus olhos, transborda, 
viro poeta também”.

Em sua infância, Roseana brincava de contar histórias para a lua, sua amiga de longa data: “Pensava que a lua me seguia da pracinha onde brincava até minha casa. A lua era minha amiga e eu contava histórias para ela. Assim, eu quis traduzir esse momento luminoso e longínquo, de minha amizade com a lua, nos poemas deste livro”, conta. 
Dividindo seu tempo entre as montanhas de Visconde de Mauá e o mar, em Saquarema, a autora se inspira na comunhão com a natureza para escrever seus poemas, repletos de questionamentos, devaneios e sonhos. “Nos dois lugares, esqueço que sou gente e penso que sou árvore e estrela-do-mar”. 
Para ilustrar Com a lua nos olhos, a premiada artista e ilustradora Regina Rennó desenvolveu desenhos fluidos e etéreos – em sua maioria com tons de azul, roxo e verde, alternados a detalhes multicoloridos. “Desde pequena, me exercito a olhar infinitamente tudo o que me cerca. E o desenho sempre foi a minha forma de enxergar as coisas e o mundo. Ilustrar os poemas de Roseana Murray, autora que amo e admiro profundamente, é sempre uma honra e um privilégio. Senti que os poemas dela eram como líquidos à luz da lua e escolhi deixá-los escorrer sobre os veios da madeira”.
Com a lua nos olhos faz parte da nova coleção Cometa Literatura, da Editora do Brasil, cujos títulos trazem composições mais complexas, de diversos gêneros literários, destinados aos leitores de 9 a 12 anos de idade.

Sobre Roseana Murray
Graduada em Língua e Literatura francesa pela Universidade de Nancy, através da Aliança Francesa, a autora já publicou cerca de cem livros de poesia e contos para crianças, jovens e adultos. Faz parte da Lista de Honra do Organismo Internacional I.B.B.Y., que abriga os melhores autores de literatura infanto-juvenil do mundo.
Roseana trabalha com o Projeto de Leitura Café, Pão e Texto, recebendo Escolas Públicas em sua casa para um café da manhã literário; além de fazer palestras sobre a Formação do Leitor.
Ao longo de sua carreira, recebeu os prêmios: APCA O Melhor de Poesia da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (por quatro vezes), Prêmio ABL para livro infantil. Recebeu também, por diversas vezes, a láurea “Altamente Recomendável”, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.  (FNLIJ).

Sobre Regina Rennó
Mineira, de Itajubá, Regina é artista plástica, ilustradora, escritora, roteirista e diretora de cinema. Formada em Artes Plásticas pela Fundação Escola Guignard e em Cinema pela Escola Livre de Cinema de Belo Horizonte, tem 46 livros publicados, 22 das quais são narrativas de imagem. 


Conquistou vários prêmios, entre eles o Prêmio Fiat de Automóveis S/A – (Aquisitivo) Salão de Artes Plásticas do CEC- MG, Prêmio Proposta Multidisciplinar – Salão Do Carnaval – Palácio das Artes – Belo Horizonte, Prêmio (Aquisitivo) – Salão de Arte de Governador Valadares- MG, e várias indicações “Altamente Recomendável” da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). 


Em 1996, foi finalista do Prêmio Jabuti de Ilustração e possui livros que fazem parte do catálogo Literature and the Family, dos Estados Unidos. No cinema, roteirizou e dirigiu os curtas-metragens Mulher de bronze e O Preço do sorriso e o longa-metragem A luz dos olhos meus. 

Sobre a Editora do Brasil: 


A Editora do Brasil busca, há mais de 75 anos, renovar produtos e serviços que levem aos milhares de educadores e alunos do Brasil conteúdos atuais e materiais de qualidade. Nos quatro cantos do país, professores e gestores utilizam nossos livros e têm acesso a um projeto didático comprometido com a ética e com uma educação cada dia melhor. 


O compromisso da Editora do Brasil é com o dinamismo do conhecimento e com a educação que transforma e é transformada. Mais que nunca, posiciona-se ao lado dos educadores, observando, analisando e discutindo os novos desafios do ensino em nosso país.

Fonte: texto e release - assessoria de imprensa


Nota da redação:
Recebemos a obra na redação e super indicamos a sua leitura para crianças e adultos. O livro "Com a lua nos olhos" nos remete aos poemas encantadores, com menção da lua e de sonhos e alegrias.
Aproveitem a leitura para recitarem novos poemas inspirados nesta deliciosa obra e, ainda, servir como base para sarais e encontros (futuros) literários.

Abs, Carina Gonçalves - jornalista Carina Gonçalves



Leia Mais ►

Continue lendo...


Em Vovó Diz Cada Coisa... 
as crianças aprendem muito além do sentido literal das palavras

Ao mesmo tempo que ajudam a pensar, as frases proferidas pelas avós desta história também ensinam clássicas expressões idiomáticas aos pequenos 






Transmitidos de geração a geração, os ditados populares, há tempos, são usados como metáforas para o aprendizado de lições em situações cotidianas, como “A pressa é inimiga da perfeição”, “A corda sempre arrebenta para o lado mais fraco”, “Deus ajuda quem cedo madruga”.

Em Vovó diz cada coisa..., lançamento integrante da Coleção Meu Pequeno Mundo, da Editora do Brasil, a história de Dudu e suas duas avós é contada com graça por Mailza de Fátima Barbosa e ilustrada por Ina Carolina, enquanto o garoto busca compreender essas frases até então por ele desconhecidas – e que suas avós adoram citar.

As indagações de Dudu sobre frases como “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”, quando ele tenta treinar a andar de bicicleta sem rodinhas traseiras, ou “quem não tem cão, caça com gato”, ao substituir a lancheira por uma sacola, levam o pequeno leitor a conhecer junto a ele esse novo mundo repleto de expressões idiomáticas. Como destaca Mailza, os adultos têm importante papel no aprendizado dessa linguagem pelas crianças: “Não adianta só entender as palavras, é preciso pensar na ideia que elas querem passar. Quanto mais anos de vida, maior a sabedoria, e quem melhor para ensinar aos pequenos do que as avós?”

Na Coleção Meu Pequeno Mundo, livros com textos curtos e ricamente ilustrados apresentam os dilemas e as situações com as quais as crianças se deparam em vários momentos da vida. Dúvidas, questionamentos, sensação de injustiça, busca de aceitação, são alguns dos temas abordados com muita leveza também nos demais títulos: Adulto diz cada coisa..., Criança diz cada coisa, Bruna, a tagarela e Breno, o esquentadinho, todos de Mailza de Fátima Barbosa.

Sobre Mailza de Fátima Barbosa
Nasceu em Três Marias, Minas Gerais, e hoje mora em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Conta que seu interesse em criar e contar histórias deve ter começado nas longas viagens que fazia com seu pai, que trabalhava em uma construtora. “Eu sempre levava um caderno e anotava tudo o que via pela frente”. Para a autora, não há nada mais divertido do que ouvir as crianças narrando seu dia a dia e fazendo perguntas.

Sobre Ina Carolina


A ilustradora e artista 3D nasceu em Boa Vista, em Roraima, onde se formou em Publicidade e Propaganda. Mudou-se para São Paulo em 2010, e se especializou em Modelagem 3D e Ilustração. Ao longo dos últimos sete anos, participou de projetos junto a estúdios de animação. Em 2016, ganhou o Prêmio Jabuti, na categoria Infantil Digital.


Sobre a Editora do Brasil:
 
A Editora do Brasil busca, há mais de 75 anos, renovar produtos e serviços que levem aos milhares de educadores e alunos do Brasil conteúdos atuais e materiais de qualidade. Nos quatro cantos do país, professores e gestores utilizam nossos livros e têm acesso a um projeto didático comprometido com a ética e com uma educação cada dia melhor. 

O compromisso da Editora do Brasil é com o dinamismo do conhecimento e com a educação que transforma e é transformada. Mais que nunca, posiciona-se ao lado dos educadores, observando, analisando e discutindo os novos desafios do ensino em nosso país.

Fonte: texto e release - assessoria de imprensa 


Nota da redação:
Recebemos o livro na redação e super recomendamos para a leitura com as crianças. Além de divertido, aproxima a garotada dos ditos populares ou como é mencionado no livro da "sabedoria popular", enaltecida pelos mais velhos e tão importantes como identidade cultural. 

abs, Carina Gonçalves - jornalista responsável


Leia Mais ►

Continue lendo...

Ana e os Palíndromos
O novo lançamento da Editora do Brasil leva o leitor a passar um dia
“palindrômico” na vida da garota Ana, junto ao seu Vô Raul


Palíndromos são frases ou palavras que podem ser lidos, indiferentemente, da esquerda para a direita e vice-versa. A obra ANA E OS PALÍNDROMOS, de Fernando Vilela, nasceu da ideia do autor de produzir uma narrativa que conta um dia na vida de uma menina a partir de alguns palíndromos que escreveu. As ilustrações, feita pelo próprio autor, foram feitas apenas com duas cores – o rosa e o azul, com a sobreposição das duas cores nas ilustrações gerando uma terceira cor.

“Busquei um jogo gráfico entre as frases e as ilustrações, em que o texto se torna parte do desenho. Assim como os palíndromos têm duas leituras, decidi fazer imagens com duas cores, experimentando as suas sobreposições”, diz o autor, que já há algum tempo pensa e cria palíndromos, como “a mala e a lama” e “o lobo ama o bolo”. A aventura da personagem Ana e seu Vô Raul é recheada de colocações sagazes e divertidas, enquanto passeiam por um mundo de frases direitas, invertidas, engraçadas e coloridas.

Fonte: Texto e release - assessoria de imprensa

Nota da redação:
Recebemos este livro na redação e super recomendamos para compor a estante de leitura diária das crianças e também dos adultos. É uma obra divertida, que provoca o raciocínio para a leitura de trás pra frente e da frente para trás provocando gargalhadas e alegria em todos nós!

A obra foi entregue para um grupo de crianças que adoraram a leitura e as brincadeiras posterior a ela.

Abs, Carina Gonçalves - jornalista responsável
Leia Mais ►

Continue lendo...


O "livro maluco das poções mágicas" 
é capaz de transformar todos os desejos em realidade

Texto de Leo Cunha reúne trocadilhos e brincadeiras divertidas com as palavras


  
Já pensou se, de repente, todas as contas que a professora passou na aula ficassem fáceis como num passe de matemágica? Ou adoçar o suco com um adolesçante e deixar de ser criança para ser jovem? Pois são essas e outras tantas receitas que Leo Cunha apresenta em O livro maluco das poções mágicas, lançado neste semestre pela Editora do Brasil.

Tudo começa quando uma princesa triste e entediada encontra um livro curioso num porão, e nem imagina que ele mudará para sempre sua jornada. O livro maluco das poções mágicas  tem o poder de transformar todos os nossos desejos em realidade e você pode ler enquanto toma um milk-shakespeare, por exemplo, uma poção gelada e cremosa que faz a imaginação voar. Ou, se o dia estiver frio, pode experimentar um chá de hortelâmpada, que perfuma e ilumina os ambientes mais tristonhos.

O texto de Leo Cunha não se prende ao convencional “princípio, meio e fim” e mesmo que tenha personagens, cenários e um fio condutor, não é linear, sendo bastante parecido com almanaques, manuais, guias ou dicionários, o que faz com que o leitor possa experimentá-lo fora de ordem ou como preferir. Um texto recheado de trocadilhos, brincadeiras, fantasia, além de pequenas e grandes maluquices.

As ilustrações super coloridas que completam as páginas são de Mariana Massarani, que utilizou como ferramentas de trabalho lápis bem macios, como os 6B, 7B e 8B e, para colorir, tinta PVA, com cores acrílicas para dar um toque mais fantástico.

Sobre Leo Cunha
Leo Cunha é jornalista, professor e tradutor e, acima de tudo, escritor. Nasceu em Minas Gerais, onde mora até hoje, apesar de rodar o Brasil todo para conversar com seus leitores. Desde 1993, já publicou mais de 60 livros de literatura infantil e juvenil e conta que já leu mais de mil.


Sobre Mariana Massarani
Mariana Massani é ilustradora e escritora. Carioca, ilustrou mais de 250 livros para crianças e já fez desenhos para jornais, revistas, cartazes, fachadas de loja de brinquedos, convites de casamentos, nascimentos e camisetas.

Ficha Técnica
O livro maluco das poções Mágicas
Autor: Leo Cunha
Ilustração: Mariana Massarani
Número de Páginas: 40
Preço: R$49,10

Sobre a Editora do Brasil:

A Editora do Brasil busca, há mais de 75 anos, renovar os produtos e serviços que levem aos milhares de educadores e alunos do Brasil conteúdos atuais e materiais de qualidade. Nos quatro cantos do País, professores e gestores utilizam nossos livros e têm acesso a um projeto didático comprometido com a ética e com uma educação cada dia melhor.

O compromisso da Editora do Brasil é com o dinamismo do conhecimento e com a educação que transforma e é transformada. Mais que nunca, posiciona-se ao lado dos educadores, observando, analisando e discutindo os novos desafios do ensino em nosso País.

Fonte: texto e release - assessoria de imprensa


Nota da redação:
Recebemos o livro aqui na redação e o entregamos para a leitura de um grupo de crianças que, simplesmente, se divertiram e se alegraram muito com as "poções" malucas contidas nesta obra e, também, criaram suas próprias poções. 

Super indicamos para a leitura infantil, brincadeiras de contos, atividades culturais e lúdicas. 
abs, Carina Gonçalves - jornalista responsável


Leia Mais ►

Continue lendo...

Siga-me por Email