Martins Fontes - Selo Martins
 completa 10 anos em 2015



Para comemorar a primeira década do Selo Martins, da Martins Fontes, a editora oferecerá ao publico leitor diversos títulos, todos mantendo a qualidade textual e sua impecável apresentação, ao longo dos próximos meses. Iniciando este ciclo, têm em seu catálogo, em março, três obras de renomados autores estrangeiros, reconhecidos mundialmente por suas notáveis biografias e experiências.
  

Dalai Lama é um dos nomes trabalhados em 2015. Em “Uma Ponte Entre As Religiões – Por uma Verdadeira Comunhão da Fé”, o autor estabelece um diálogo entre as principais religiões do mundo a partir de seus dogmas. Ele evoca temas como a necessidade de controlar a mente indisciplinada, que resulta no egoísmo e em outros sentimentos nocivos. Cada religião, a seu modo, pretende ensinar um caminho que conduza a um estado espiritual pacífico, disciplinado, ético e sábio, ajudando os seres vivos a se livrarem do sofrimento e obter a desejada felicidade. Considerado o maior representante do budismo tibetano e um dos mais notáveis líderes espirituais da atualidade, dedica-se, nestas páginas, a abrir os olhos dos leitores para o fato de que a compaixão, e apenas ela, é capaz de promover uma unidade de mentes e garantir união e paz a toda a humanidade, em uma época de crise, na qual, às vezes, conflitos sangrentos se impõem em defesa das crenças.


T. Berry Brazelton, médico norte-americano considerado o pediatra de maior confiança da nação segundo o jornal New York Times, depois de meio século ouvindo, cuidando, compreendendo e defendendo crianças e pais, conta agora a sua história empolgante e de amor à vida na obra “Aprendendo a Ouvir – Uma Vida Dedicada às Crianças”. O leitor é convidado a conhecer sua trajetória desde a infância em Waco, no Texas, passando por Princeton, pela formação em medicina e em psicanálise, até as brilhantes observações do comportamento dos recém-nascidos que levaram os bebês a serem vistos sob uma ótica totalmente nova. Sua vida foi marcada por inovação e assistência, o que o tornou conhecido internacionalmente pela teoria dos Pontos de Contato (Touchpoints) – regressão e crescimento de bebês e crianças pequenas –, considera-se também que ele trouxe os insights do desenvolvimento infantil para a pediatria e para a sua vigorosa atuação no Congresso Norte-Americano em Defesa das Crianças e das Famílias. Nesta obra, os fãs e os profissionais de sua área podem seguir as raízes de uma carreira brilhante e a evolução da criação de filhos desde a segunda metade do século passado até hoje.

Merlin Coverley apresenta em sua obra “A Arte de CaminharO Escritor Como Caminhante”, uma reflexão acerca da atividade de caminhar e sua relação com a criação e a escrita. Para isso, vale-se de dados biográficos e das obras de autores de diversas regiões e épocas que tinham a atividade incorporada em sua rotina, sejam como simples caminhantes, como peregrinos, pedestres ou flanêurs (termo francês que denomina vagantes, distraídos, vagabundos). Em comum, a maioria desses autores tem na caminhada uma fonte inesgotável de inspiração e questionamento, fortemente incorporada em suas criações. Como exemplos, o filósofo Jean-Jacques Rousseau, o poeta William Wordsworth e o próprio Aristóteles, que zanzava para lá e para cá enquanto filosofava. Como a caminhada adquiriu esse status? Por que algo tão óbvio – como colocar um pé diante do outro – adquiriu um valor tão elevado? O autor apresenta e analisa algumas respostas possíveis nesta obra.


Fichas Técnicas das obras:

Livro: Uma Ponte Entre as Religiões - Por Uma Verdadeira Comunhão da Fé
Autor: Dalai Lama - Tradução: Cecilia Bartalotti
Editora: Martins Fontes – Selo Martins
Páginas: 240 - Publicação: 2015 / Edição: 1ª
Valor sugerido: R$ 39,00 / Site:  http://emartinsfontes.com.br/catalogo_det.php?id=1112
Sobre o Autor: Tenzin Gyatso, o Décimo Quarto Dalai Lama, é o líder espiritual e temporal do povo tibetano. Seus esforços inesgotáveis na defesa dos direitos humanos e da paz mundial valeram-lhe o reconhecimento internacional. Recebeu o Prêmio Wallenberg (conferido pela U. S. Congressional Human Rights Foundation – Fundação dos Direitos Humanos do Congresso dos Estados Unidos), o Prêmio Albert Schweitzer e o Prêmio Nobel da Paz.



Livro: Aprendendo a Ouvir - Uma Vida Dedicada às Crianças
Autor: T. Berry Brazelton - Tradução: Cristina Cupertino
Editora: Martins Fontes – Selo Martins
Páginas: 240 - Publicação: 2015 / Edição: 1ª
Valor sugerido: R$ 40,00 / Site:  http://emartinsfontes.com.br/catalogo_det.php?id=1111
Sobre o Autor: T. Berry Brazelton é professor emérito de clinica pediátrico na Escola de Medicina de Harvard e professor de pediatria e desenvolvimento humano na Brown University. Atendendo em sua clínica de pediatria por mais de 45 anos, ele introduziu na formação pediátrica o conceito de orientação antecipatória para pais. Autor de mais de duzentos artigos especializados, escreveu trinta livros para profissionais e leigos, inclusive Touchpoints (traduzido para dezoito idiomas), To Listen to a Child e a clássica trilogia Infants and Mothers, Toddlers and Parents e On Becoming a Family. Para dar continuidade à sua importante pesquisa, criou dois programas no Boston Children’s Hospital: o Brazelton Institute e o Brazelton Touchpoints Center. Entre os muitos prêmios que ele recebeu destacam-se o C. Anderson Aldrich Award for Distinguished Contributions to the Field of Child Development, concedido pela Academia Americana de Pediatria. Em 1988, o dr. Brazelton foi designado pelo Congresso norte-americano para atuar na Comissão Nacional da Infância e, em 2013, recebeu a Presidential Citizens Medal de 2012, concedida “aos que realizaram feitos exemplares ao seu país e aos seus concidadãos”.


Livro: A Arte de Caminhar – O Escritor como Caminhante
Autor: Merlin Coverley / Tradução: Cristina Cupertino
Editora: Martins Fontes – Selo Martins / Páginas: 224 / Publicação: 2015 / Edição: 1ª
Sobre o autor: Merlin Coverley é escritor e livreiro britânico, também, autor do best-seller Psychogeography, Occult London e Utopia. “The Art of Wandering”. A obra “A arte de caminhar” é o primeiro livro do autor lançado no Brasil e possui em sua bibliografia embasamentos científicos e empíricos sobre como a caminhada influência no cognitivo das pessoas, no qual as paisagens são capazes de transformar e fornecer modelos para novas formas de mapeamento, documentação e envolvimento com o meio ambiente
.
Fonte: 
JCG Comunicação – Excelência na Arte de Comunicar
Aprenda o inglês do dia a dia

Inglês de Rua – American Slang reúne expressões mais utilizadas pelos americanos


As gírias, frases ou expressões coloquiais fazem parte da comunicação de qualquer idioma. Muitas delas, frequentemente utilizadas, passaram a ser empregadas no vocabulário dos falantes e, com isso, se tornaram fixas ao idioma inerente.

Para facilitar o aprendizado dessas gírias e expressões linguísticas americanas, chega ao mercado o livro Inglês de Rua – American Slang, de José Roberto A. Igreja e Robert C. Young, publicado pela Disal Editora.

Pensando em tornar os estudantes aptos à comunicação em inglês em diversas situações, o livro apresenta palavras e expressões recentemente incorporadas ao idioma americano, que nem sempre são ensinadas nas escolas.

O livro traz ainda definições com os equivalentes coloquiais empregados no Brasil, bem como a versão em português de todos os exemplos citados na obra.

Sobre os autores
José Roberto A. Igreja - Graduado em língua e literatura inglesa pela PUC (SP), possui os certificados de proficiência em inglês das universidades americanas BYU - Brigham Young University (Salt Lake City, Utah) e Michigan. Atua no segmento de cursos de inglês in-company sendo responsável pelo site www.dialectoenglish.com.br e pelo blogwww.faletudoemingles.com.br
É autor de vários livros sobre o idioma inglês, entre os quais Fale Tudo em Inglês!, Inglês Fluente em 30 lições e How do you say ... in English?. É também coautor, com Robert C. Young, dos livros Fluent Business English, Fale inglês como um Americano e English for Job Interviews!, com Joe Bailey Noble III, dos livros American Idioms! e Essential American Idioms, e com Jonathan T. Hogan, dos livros Phrasal Verbs e Essential Phrasal Verbs, publicados pela Disal Editora.

Robert C. Young - Americano do Tennessee, é professor há 15 anos, tendo residido e ensinado inglês em São Francisco (Califórnia), Japão e atualmente no Brasil. Especialista em inglês comercial, é graduado em Comunicações pela Universidade do Tennessee, tem mestrado em Global Leadership pela universidade de Duquesne em Pittsburgh e certificado de professor de inglês como língua estrangeira. É sócio proprietário da Ceola & Young Global Language Consultants - www.cyglobal.com.br - e coautor, com José Roberto A. Igreja, dos livros English for Job Interviews!, Fale Inglês como um Americano e Fluent Business English.


Fonte: Ecco Press Comunicação
Livro reúne os 600 Phrasal Verbs mais utilizados pelos americanos

Explicações claras, exemplos de uso e exercícios práticos de Phrasal Verbs auxiliam estudantes de Inglês


Os Phrasal Verbs são uma das maiores dificuldades para o aprendiz de inglês. A combinação de um verbo principal com mais uma ou duas palavras, que podem ser preposições e/ou advérbios gera, muitas vezes, confusões e dúvidas nos estudantes da língua inglesa. Para facilitar o aprendizado deles, chega ao mercado o livro 600 Phrasal Verbs – Como falar inglês como um americano, de Jonathan T. Hogan e José Roberto A. Igreja, publicado pela Disal Editora.

A to Z é um guia completo e indispensável para aqueles que querem aprender com clareza a utilização de cada expressão e ter fluência no inglês, trazendo os 600 Phrasal Verbs mais usados pelos americanos na conversação cotidiana, com explicações claras e exemplos de uso. Além da definição em inglês, também há a tradução em português de cada expressão.

O livro traz a seção “Como expressar 130 ideias essenciais com Phrasal Verbs”, que ensina ao leitor como aplicar um Phrasal Verbs a partir da ideia que ele quer expressar. Ao final, exercícios práticos com as respectivas respostas ajudam a consolidar o aprendizado e a reforçar a compreensão de maneira dinâmica e interativa.

Sobre os autores
Jonathan T. Hogan
Americano de Nova York, é graduado em Comunicações e Filosofia pela Boston College (Massachussets, USA). Após uma temporada lecionando inglês para executivos em São Paulo, cursou o mestrado sobre TOEFL – Teaching of English as a Foreign Language (Ensino de Inglês como Língua Estrangeira) na Columbia University (Nova York). É interessado em línguas e culturas de outros países, fala português e espanhol e trabalha como professor de inglês para alunos estrangeiros no sistema público de Nova York.

José Roberto A. Igreja

Graduado em língua e literatura inglesa pela PUC (SP), possui os certificados de proficiência em inglês das universidades americanas BYU – Brigham Young University (Salt Lake City, Utah) e Michigan. Atua no segmento de cursos de inglês in-company sendo responsável pelo site www.dialectoenglish.com.br e pelo blogwww.faletudoemingles.com.br. É autor de vários livros sobre o idioma inglês, como Fale Tudo em Inglês!, Inglês Fluente em 30 lições e How do you say... in English?, entre outros. É também coautor, com Robert C. Young, dos livros Inglês de Rua – American SlangFluent Business EnglishFale inglês como um Americano e English for Job Interviews! e com Joe Bailey Noble III, dos livros American Idioms! e Essential American Idioms, publicados pela Disal Editora.
Título: 600 Phrasal Verbs – Como falar inglês como um americano
Autor: Jonathan T. Hogan/ José Roberto A. Igreja
Disal Editora.

295 páginas.
Preço: R$59,00

Fonte: Ecco Press Comunicação
Planeta DeAgostini apresenta coleção 
“Canetas-tinteiro”

Os fascículos trazem 50 canetas-tinteiro que homenageiam grandes personagens que marcaram a história



A Editora Planeta DeAgostini acaba de lançar a coleção “Canetas de Coleção: Canetas-tinteiro”, que reúne o universo das canetas-tinteiro com personagens que marcaram a história do Brasil e do mundo. São 50 edições que apresentam uma caneta-tinteiro e um fascículo, em cada uma, homenageando um personagem emblemático da cultura e da história da humanidade.

As canetas-tinteiro chegam às bancas com materiais, formas, cores e detalhes ricos e diferenciados, representando a marca de cada homenageado, desenvolvidos exclusivamente para essa coleção. Cada caneta foi criada como forma de prestigiar o personagem, como por exemplo, a caneta de Van Gogh, que homenageia uma icônica pintura feita por ele; a caneta de Bethoveen, com notas musicais e a caneta de Napoleão Bonaparte, com a sua inicial envolta e uma efígie da sua moeda.

O fascículo é ricamente informativo e conta com três seções. São elas: “o personagem e a caneta”, que contam a história do homenageado e sua relação com a caneta criada; “o mundo da caneta-tinteiro”, com informações sobre o universo das canetas-tinteiro (composição, penas, anatomia); “a publicidade”, com propagandas históricas das canetas-tinteiro de diversas marcas.

Primeira Edição

A primeira publicação apresenta a caneta-tinteiro e prestigia o compositor Ludwig van Beethoven (1770-1827), que abriu caminho para uma nova fase musical, o Romantismo. O objeto traz gravado no anel da tampa as primeiras notas do “Hino à alegria”, poema escrito por Friedrich Schiller em 1785 e introduzido no quatro movimento da Nona Sinfonia de Beethoven, considerada uma das mais extraordinárias composições musicais. Na parte superior do clipe, apresenta-se gravado o símbolo da clave de Fá. A pena é de aço com 22 mm de comprimento e orifício de respiro.

Próximas edições

As próximas edições contam com magníficas canetas e bem elaborados fascículos. O colecionador pode encontrar a caneta-tinteiro do Santos Dumont com tons cinzentos, negros e prateados, que criam uma sucessão de claros e escuros evocando um efeito dinâmico de sombras sobre a fuselagem de uma aeronave em movimento; outra edição terá Otto von Bismarck, o chanceler de ferro, autor do lema “a união faz a força”, que reflete suas reminiscências prussianas; também, a coleção traz a caneta de Napoleão Bonaparte, sendo azul da abóboda celeste, pois era o único limite dele, um personagem irreverente.

Os 50 fascículos apresentam singularidades nas canetas e nas seções. Uma obra imprescindível para quem quer iniciar no colecionismo de canetas-tinteiro ou se aprofundar em sua história. As canetas reúnem a sofisticação, história, usabilidade e um traço fino único.

Bancas
O primeiro fascículo estará disponível nas bancas a partir do dia 24 de fevereiro com preço especial de lançamento de R$ 19,99. A segunda edição também terá um valor promocional de R$ 39,99. A partir do terceiro fascículo o valor será de R$ 59,99.

Promoção Colecionar é 10
A Editora Planeta DeAgostini está com uma promoção imperdível. Colecionar é 10! irá sortear 10 tablets iPad entre seus leitores. A promoção será divulgada em encartes das edições 1 e 2 de todos os lançamentos de fevereiro a junho de 2015 e para participar basta se cadastrar no sitehttps://www.planetadeagostini.com.br/microsites/colecionare10/ até o dia 21/06/15, às 10h. Cada CPF poderá se cadastrar uma única vez e os sorteios serão realizados no dia 07/07/15, às 15h.

Ficha Técnica
Edição 1: Coleção Caneta-tinteiro Beethoven;
Materiais: metal e acrílico;
Cores: preto ébano e cromado;
Forma: cilíndrica com arremates arredondados no centro do corpo e da tampa;
Tamanho: 150 mm de altura; 10 mm de diâmetro;
Fecho: rosca.
Sobre a Coleção Canetas-tinteiro
Periodicidade em banca: Quinzenal
Número de edições: 50
Elementos extras: Móvel Expositor: R$ 499,99
3 Arquivadores: R$ 29,99 (cada)

Sobre a Editora Planeta DeAgostini do Brasil
Empresa líder do mercado de colecionáveis, a Editora Planeta DeAgostini do Brasil está presente no Brasil desde 1995 comercializando coleções culturais e hobby e lazer nas bancas de jornal de todo o País e disponibilizando as assinaturas diretamente através do seu sitewww.planetadeagostini.com.br.

Suas coleções exclusivas e de elevada qualidade se concentram nos segmentos infantil, hobbie masculino, colecionismo feminino, figuras e modelismo. Planeta DeAgostini é licenciada de grandes marcas como Disney, Warner, Lucasfilm, Faber-Castell e Harley Davidson, tendo lançado no Brasil ao longo destes anos, coleções de grande êxito, como Perfumes de Coleção, Xadrez do Harry Potter, Princesas Disney, A Arte do Desenho, Harley Davidson Fat Boy, Veículos Star Wars, entre muitas outras.

Fonte: CR. Comunicação