Lançamento "Pensando Bem"

 Editora Contexto lança “Pensando Bem...”
 de Hélio Schwartsman

O filósofo e jornalista da Folha de S. Paulo explora os temas liberdade,
 religião, história, política, violência, comportamento, educação e ciência



Pensando Bem..., do filósofo e jornalista Hélio Schwartsman, é um necessário contraponto aos “sábios” que com frequência circulam nas redes sociais com respostas prontas para todos os problemas do país e do mundo, com base em fé ideológica, religiosa ou de qualquer outra espécie.

O autor não tem, é claro, todas as respostas para os problemas do mundo, porém formula perguntas com muita perspicácia. Ler Hélio Schwartsman é uma experiência única: ninguém sai da leitura da mesma forma como entrou.

Serviço:
Livro: Pensando Bem... uma forma original de abordar liberdade, religião, história, política, violência, comportamento, educação, ciência.
Autor: Hélio Schwartsman
Páginas: 304
Preço: R$ 49,90
Editora Contexto

Sobre o autor: Hélio Schwartsman é bacharel é bacharel em Filosofia e jornalista. Na Folha de S. Paulo desde 1988, já ocupou diversos cargos. Em 2008-2009, foi fellow na Universidade de Michigan.

Sobre a Editora ContextoIdealizada pelo historiador Jaime Pinsky e especializada em ciências humanas, a Editora Contexto está presente há 29 anos no mercado editorial brasileiro, publicando obras voltadas para a universidade e para o público geral. Mais informações no portal www.editoracontexto.com.br

Fonte: CR Comunicação
Leia Mais ►

Continue lendo...

Lançamento

 “O Fantástico Significado da Palavra Significado”


É com grande prazer que convidamos você para o lançamento do livro
“O Fantástico Significado da Palavra Significado” de Eduardo Zugaib.


Ainda colhendo o sucesso do livro A Revolução do Pouquinho – Pequenas Atitudes provocam Grandes Transformações (DVS, 2014), através de palestras em todo o país, o escritor Eduardo Zugaib surpreende o leitor com um novo título. Com narrativa leve e ilustrado por Danielle Felicetti Muquy, O Fantástico Significado da Palavra Significado é uma história que provoca reflexões reais em leitores de todas as idades, incentivando-os à busca dos valores contidos em sua própria essência, principalmente quando a motivação desaparece e a vida perde o sentido diante da rotina ou das dificuldades. Logo, a obra chega num momento oportuno, em que muitos brasileiros amargam reflexos da crise, tais como o adiamento de planos, o encerramento de projetos, a perda de propósito nas atividades e o enfraquecimento dos relacionamentos.

Menina, a personagem central, é uma jovem de vinte anos que atravessa um momento difícil e de grande frustração. Um dia, ela é surpreendida ao receber um misterioso livro, guardado há décadas num cofre de banco, por um avô que não conhecera. As páginas envelhecidas lançam-na em uma surpreendente história dentro da história, que distorce o tempo e amarra as pontas soltas do seu passado e do seu futuro. E, a cada novo significado que encontra na leitura deixada pelo avô, vai percebendo a necessidade de se colocar o coração pra valer – e com valor – no dia de hoje.


Uma história que irá surpreender leitores de todas as idades e lembrá-los da importância de criar significados verdadeiros nas suas ações e relações.


O Fantástico Significado da Palavra Significado nasceu do desejo do autor em criar, a partir de fatos marcantes de sua própria vida, não apenas uma história, mas uma ferramenta que ajudasse o leitor a responder de forma mais convicta duas inevitáveis perguntas da vida – de onde você veio e para onde você vai – tratando de um jeito leve questões importantes como o respeito à própria história e a construção cotidiana e permanente do legado.

Jovens enfrentando o mercado de trabalho, profissionais em transição de carreira, pais diante da missão de fortalecer valores na vida dos filhos e professores carentes de ferramentas que possibilitem a abordagem destas questões junto aos alunos são alguns dos públicos que encontrarão apoio nesta obra que, de um jeito lúdico, ajuda na construção de significados no trabalho e na vida e no fortalecimento das relações, além de também alertar quanto à queda na vala comum da angústia provocada pela superficialidade e efemeridade do mundo atual.

Como o próprio Zugaib define, é um livro em que gente pequena ensina gente grande a resgatar sua essência mais pura. E em que gente grande ajuda gente pequena a superar as frustrações e as inevitáveis crises da vida.

Ficha Técnica:
Título: O Fantástico Significado da Palavra Significado
Autor: Eduardo Zugaib
Ilustrações: Danielle F. Muquy
Editora: Abajour Books – um selo DVS Editora
Valor sugerido: R$ 49,00

Lançamento:
20 de julho de 2016, 19h, na Livraria da Vila – Shopping JK Iguatemi
Av Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – Itaim Bibi, São Paulo/SP· (11) 5180-4790

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Continue lendo...

Dia dos Pais

Livros para presentear neste Dia dos Pais

Cada Pai é único, com suas características, personalidade e estilo de vida.  Nada melhor do que presentear alguém tão especial com algo que possa usufruir por bastante tempo. Por isso livros são lembranças eternas e excelentes escolhas para o Dia dos Pais, comemorado no dia 09 de agosto. A Barany Editora separou títulos para combinar com os variados estilos, confira:

Pai saudável:

Você pode ter Saúde basta querer – A fascinante naturopatia europeia ao seu alcance
Para aqueles que adoram cuidar do corpo e da mente e fazer uma refeição natural. A autora cita diversas formas de emagrecer com saúde, benefícios de vários alimentos e também dietas que ajudam na cura de certas doenças.
Páginas: 336; Preço: 34,90.








Pai executivo:

A Escola dos Deuses - Formação dos Líderes da Nova Economia
Dirigido a empreendedores, estudantes e todosaquelesque querem relembrarseusonho e vê-lo realizado. Narra a história do renascimento de umserhumanocomum, queencontraumser extraordinário – o Dreamer – e ao lado dele aprende a sair da mediocridade de uma vidainfeliz, mecânica e repetitiva, de pensamentosobsoletos e hábitos arraigados, e retornar a umestado de integridade, porintermédio de uma revoluçãoindividual, pois a mudança ocorre dentro, não fora do ser humano.
Páginas: 408; Preço: 58,00.




A Transição na Gestão de Mudança
A importante forma de preparo dos atuais líderes para saber gerir a transição interna dos indivíduos é motivá-los a partir de uma transformação organizacional, conscientes de que gestão é uma coisa e transição é outra. Esse conceito prepara os líderes no ambiente organizacional de forma humanística e orgânica, com o cuidado pessoal dos profissionais que nela produzem, conduzindo a evolução individual e empresarial que fazem a diferença para o rendimento nas diversas áreas de uma empresa.
Páginas: 216; Preço: 34,90.




O Executivo Consultor – Renasce uma empresa
O êxito de organizações e ambientes empresariais depende de pessoas, através de trabalho intenso de autodesenvolvimento e evolução. O que era antes aplicado somente pelo “patrão” como verdade absoluta nos afazeres, sem envolvimento e interação, já não é utilizado para o crescimento de uma empresa. O recurso humano se faz necessário, não só mão de obra que executa tarefas, mas “cérebro de obra”, que utiliza o conhecimento e a dedicação para o sucesso de um todo. Páginas: 224; Preço: 34,90.






Pai aventureiro:

O Portal – viagem real ao segredo do Graal
O portal conta as memórias de Patrice Chaplin, uma aventureira que viajou onze locais antigos em Catalunha, Espanha e Sul da França ao Graal. Na Catalunha Patrice conheceu José Tarres, que pertencia a uma sociedade oculta que, desde a antiguidade, preservou uma tradição iniciática cabalística. As consciências que ele guardava mudaram sua vida, então a autora decidiu fazer uma viagem iniciática, onde descobriu o Graal.
Páginas: 352; Preço: 49,90






Pai de primeira viagem:

O Bebê do Amanhã - Um novo paradigma para a criação dos filhos
Este livro conta tudo o que um pai e uma mãe precisam saber. Os autores comentam sobre os tipos de parto e como cada um pode influenciar na vida de seu filho, contam sobre um novo paradigma para a criação dos filhos, além de como ocorre todo o desenvolvimento do bebê dentro da barriga da mãe, no meio de toda aquela proteção que o cerca e o deixa quentinho e saudável.
Páginas: 384; Preço: 49,90





Além das Crianças Índigo
Aqui encontra-se uma aula de como lidar com as crianças da nova geração, com a autora orientando e fornecendo ferramentas àqueles que procuram ajuda-las a tomar as rédeas de si mesmas. A obra explora a relação das novas crianças com as profecias das diversas tradições, fornecendo informações essenciais sobre as sete raças raiz e sobre a grande mudança dessa nova consciência. É também recomendado para profissionais da área da educação.
 Páginas: 240; Preço: 38,00.




Fonte: Hayai Assessoria de Imprensa e Comunicação
Leia Mais ►

Continue lendo...

Garota online – em turnê

“Garota online – em turnê:”  
segundo livro da vlogueira britânica Zoella


 “Escrito de maneira competente, com episódios que deixam o leitor em suspense e cheio de sentimentos, além de enviar a mensagem certa: você não pode viver à sombra de outra pessoa” – The Independent

Considerada uma das personalidades mais influentes da internet, a britânica Zoe Sugg, conhecida como Zoella, conquistou mais de 10 milhões de inscritos no seu canal do Youtube. Em julho, a Verus lança o segundo livro da vlogueira: “Garota online – em turnê”.

A obra continua a saga de Penny, que agora precisa lidar com a ausência do seu hobby preferido, o blog “Garota Online”, e com o relacionamento à distância com Noah, um astro do rock. Após ficar meses distante do namorado, ela aceita o convite para acompanhá-lo na próxima turnê pela Europa. Mas, entre a agenda cheia de Noah, seus companheiros de banda não tão amigáveis e mensagens ameaçadoras de fãs, Penny começa a questionar se fez as escolhas certas.

Mais uma vez Zoe consegue retratar os medos e desafios desta geração conectada e mostra o que significa se apaixonar na era digital.

A autora mantém um canal sobre beleza, moda e estilo de vida desde 2009. Seu primeiro livro, Garota Online, vendeu 80 mil exemplares na Inglaterra na semana de lançamento, batendo o recorde de vendas.

Zoe Sugg, ou Zoella, tem 26 anos e é uma vlogueira de Brighton, Reino Unido. Ela escreve histórias desde pequena. Zoe ganhou em 2011 o Prêmio Cosmopolitan de Melhor Blog de Beleza, e no ano seguinte o de Melhor Vlogger de Beleza. Zoe também ganhou o prêmio de Melhor Vlogueira Britânica, no Radio 1 Teen Awards de 2013, e o Kids Choice da Nickelodeon em 2014, como Vlogueira Favorita do Reino Unido, além de ter sido nomeada Web Star de Moda e Beleza no Teen Choice Awards de 2014.

Ficha Técnica:
Garota online – em turnê
Zoe Sugg
Páginas: 294
Preço: R$ 32,90
Tradução: Débora Isidoro
Editora: Verus | Grupo Editorial Record

Fonte: Assessoria de imprensa

Leia Mais ►

Continue lendo...

Infanto-juvenil

O Goleiro dos Andes

O enredo acompanha o protagonista Silvio, menino de 12 anos 
que se muda com o pai do Chile para a Argentina
  

Muito conhecido pelo já clássico “O carteiro e o poeta”, que ganhou adaptação para o cinema, o escritor chileno Antonio Skármeta tem uma extensa produção voltada para as crianças. Uma dessas obras chega às livrarias pela Galerinha em julho: em “O goleiro dos Andes”, o autor trata de uma paixão que ultrapassa as fronteiras de seu país de origem, e é compartilhada por crianças e adultos na América do Sul – o futebol.

O protagonista da trama é Silvio, um menino de doze anos que cruza os Andes de avião com o pai, de Santiago até Buenos Aires, em busca de uma vida melhor. Enquanto o mais velho passa seus dias em busca de um novo emprego, o garoto faz amizade com os meninos que jogam bola na rua. “Chileno” passa a ser seu apelido no time e, depois de uma passagem embaraçosa ao jogar como centroavante, ele enfim encontra seu lugar: no gol.

Destaque do time, Silvio chama a atenção de um olheiro, que convoca a equipe do bairro para um jogo que pode mudar a vida dos garotos. Mas a primeira vez em um campo profissional com traves de verdade vai ser bem diferente da experiência de jogar no campinho de barro com pedras que delimitam o gol.

Ficha Técnica:
Goleiro dos Andes
(El portero de la Cordillera)
Autor: Antonio Skármeta
Ilustrações: Nelson Cruz
Páginas: 52
Valor sugerido: R$ 49,90
Tradução: Julián Fuks
Editora: Galerinha | Grupo Editorial Record

 Sobre o autorAntonio Skármeta nasceu em Antofagasta, no Chile, em 1940. É autor de romances e contos que receberam numerosos prêmios e foram traduzidos para mais de 25 idiomas. Entre eles “A redação”, vencedor do prêmio Monteiro Lobato de Melhor Tradução 2004 da FNLIJ. Também escreveu “Insônia” e “Biscoitinho chinês”, ambos lançados pela Galerinha, e “O carteiro e o poeta”, “Neruda por Skármeta” e “Um pai de cinema”, editados pela Record. O ilustrador Nelson Cruz nasceu em Belo Horizonte, em 1957. Compõe ilustrações para o mercado editorial desde 1998 e conquistou diversos prêmios, dentre eles o Jabuti em 2001, 2005 e 2010.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Leia Mais ►

Continue lendo...

Intelectuais Mediadores

Intelectuais Mediadores


   Ainda são poucos os estudos sobre mediação e mediadores culturais e muitos são os questionamentos que permeiam este campo de atuação. Um deles é a própria identificação dos profissionais da área como intelectuais. O tema é o fio condutor da coletânea de artigos “Intelectuais mediadores”, que chega às livrarias neste mês de julho pela Editora Civilização Brasileira.

  Organizado pelas historiadoras Angela de Castro Gomes e Patricia Santos Hansen, o livro reúne 14 textos que refletem sobre a acepção tradicional do termo ‘intelectual’ e testam as potencialidades da categoria ‘intelectuais-mediadores’, fazendo frente, por exemplo, à dicotomia que hierarquiza duas figuras envolvidas nos processos culturais:  produtores/criadores e aqueles envolvidos na recepção e no acesso aos bens culturais.

   A obra chama atenção justamente para o fato de os criadores e produtores serem considerados como integrantes da cultura erudita e provocadores de alterações profundas nos ambientes artísticos, enquanto aos profissionais mediadores resta o estigma do vulgarizador, como se o profissional estivesse envolvido em uma esfera cultural, menos original, científica e séria.

   Com contribuições da antropologia e da sociologia, os autores analisam as práticas da circulação e da apropriação de bens culturais e inserem tradutores, professores, guias, editores e outros profissionais da medicação cultural na mesma dinâmica de sentido e valor do domínio da criação.

Trecho da apresentação por Angela de Castro Gomes e Patricia Santos Hansen
 (organizadoras do livro)

“Se os estudos de história cultural defendem que todos os sujeitos históricos são produtores de sentido de forma lata (não há receptor/consumidor/leitor/espectador que seja passivo), e havendo, é certo, aqueles identificados como intelectuais criadores de bens culturais, por que os mediadores não estariam incluídos nessa mesma dinâmica de produção de sentido e de valor? Por que seus esforços, buscando colocar os bens culturais em contato com grupos sociais mais amplos, formando públicos, e aproximação de produtos culturais conhecidos, são vistos de forma tão desvalorizada e até negativa? Certamente não é difícil aventar razões para tanto, a começar pelas disputas travadas nos meios intelectuais por reconhecimento, autoridade, posições e públicos. Mas acreditamos que é necessário pesquisar casos específicos e diversos, para se compreender tal contradição.”

Texto da orelha por Fernando Catroga, professor catedrático da 
Faculdade De Letras da Universidade de Coimba

   Rejeitando hierarquizações e dualis­mos, este livro se filia à Nova História Cultural e Política, edificada pelas mais recentes teorias e sociologias históricas sobre os bens culturais. Por isso, valo­riza as dinâmicas sociais e os meios, as redes e os lugares que condicionam tanto a produção como a preservação, a circulação e a apropriação de discur­sos, ideias e representações, ouvidos, vistos, ensinados e lidos em vários me­dia e contextos de recepção.

Ao convocar o conceito de intelec­tual mediador como passeur, aquele que conduz por uma travessia, o livro não afasta o papel criativo ou recriador das suas práticas e mediações que fazem os públicos que também as produzem, num processo que aposta, sobremanei­ra, na rotinização dos bens culturais, alheio às competições geracionais entre tradição e vanguarda, típicas da “alta cultura” desde o Oitocentos.

Da mesma forma que a tradução, que parte de inevitáveis pré-compreensões do mundo, também as práticas de me­diação são dialógicas. Se traduzir é ato de transferir ou de conduzir além, mediar, como prática sociocultural, será sempre inter-mediar, inter-cambiar e miscigenar – ótica historiograficamente rica, como a unificadora introdução deste livro ex­celentemente fundamenta e os estudos de caso aqui reunidos bem comprovam.

Diz-se que, ao eleger-se algo con­temporâneo como objeto de pesquisa, anuncia-se sua morte como realidade viva. De fato, talvez a visão romântica do gênio insulado esteja a definhar. Mas, se o intelectual polemizou contra a so­ciedade, esse combate atravessou sem­pre o interior do seu próprio campo e, hoje, são igualmente intelectuais os que decretam a morte do “intelectual”, esse continuador oitocentista de uma tipo­logia outrora encarnada pela figura do teólogo e do filósofo. E, felizmente, as boas histórias sobre eles não escondem a importância do seu legado quando – como é o caso em apreço – conseguem abrir novos domínios de investigação e suscitar reflexões críticas acerca das metamorfoses que vão ocorrendo na hodierna luta pela hegemonia no cam­po das representações sociais.

Sobre os autores

Ana Paula Sampaio Caldeira é doutora pelo Programa de Pós-Graduação em História Política e Bens Culturais do CPDOC/FGV, onde desenvolveu a tese “O bibliotecário perfeito: o historiador Ramiz Galvão na Biblioteca Nacional” (2015). Este trabalho contou com auxílio financeiro da Faperj.

Angela de Castro Gomes é professora titular da Universidade Federal Fluminense, professora visitante sênior na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, professora emérita do CPDOC/Fundação Getulio Vargas e pesquisadora A-1 do CNPQ. Este texto, revisto e ampliado, foi apresentado no XVII Congresso Internacional de AHILA, que teve lugar na Freie Universität de Berlin, em 2014, Integrando também resultados de pós-doutorado realizado no CeisXX, em Coimbra, em 2010/11.

Eliana Dutra é professora do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Minas Gerais, pesquisadora do CNPq, autora de Rebeldes literários da República. História e memória no Almanaque Brasileiro Garnier, entre vários outros livros, capítulos de livros e artigos. Este texto é uma versão modificada e ampliada do que foi apresentado, com o apoio do CNPq, no XVII Congresso Internacional de Ahila, que teve lugar na Freie Universität de Berlim, em 2014, no simpósio “Intelectuais, nacionalismo e democracia no mundo ibero-americano”.

Francisco Palomanes Martinho é livre-docente em História Ibérica, professor do Departamento de História da Universidade de São Paulo e pesquisador do CNPq. Organizador (com Antônio Costa Pinto) de O passado que não passa: a sombra das ditaduras na Europa do Sul e na América Latina (Civilização Brasileira, 2013).

Gabriela Pellegrino Soares é livre-docente em História da América Latina e professora associada da Universidade de São Paulo­. É pesquisadora do CNPq e coordenadora da equipe brasileira do projeto Fapesp/ANR “Dicionário de História Cultural Transatlântica, fim do séc. XVIII-XX”.

Giovane José da Silva é Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais/IFSuldeminas. Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense.

Giselle Martins Venâncio é professora de Teoria e Metodologia da História do Departamento e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense e bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq. Suas pesquisas se concentram na área de historiografia e nos temas da história dos intelectuais no século XX no Brasil, escrita de viajantes, produção e circulação de impressos, coleções, livros e leituras.

Joaquim Pintassilgo é professor do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, integrado no Grupo de História da Educação, e investigador da Uidef. Doutor em História pela Universidade de Salamanca­ e autor de diversas obras nas áreas de história da educação e de história da cultura.

Kaori Kodama é pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz – Fiocruz­, na área de história das ciências e da saúde. É autora do livro Os índios no Império do Brasil (Edusp; Fiocruz, 2009) e de publicações sobre raça, discurso médico e história da divulgação científica no Brasil. (Nota: A autora agradece às valiosas sugestões de Alda Heizer e Moema Vergara para a feitura deste texto.)

Libânia Nacif Xavier é professora do Programa de Pós-Graduação­ em Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Suas pesquisas focalizam a história da profissão docente e a participação de intelectuais e mediadores culturais nos processos educacionais formais e informais. É bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq e vice-presidente da Sociedade Brasileira de História da Educação (gestão 2015-2017).

Luciano Mendes de Faria Filho é professor titular da Universidade Federal de Minas Gerais. Este texto integra projeto que tem o apoio do CNPq e da Fapemig.

Mara Cristina de Matos Rodrigues é professora associada do PPG em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e do Profhistória, núcleo UFRGS.

Patricia Hansen é doutora em História Social pela Universidade de São Paulo. Fez pós-doutorado no CPDOC da Fundação Getulio Vargas com apoio do PNAPD da Capes-Faperj, foi Marie Curie Fellow no Instituto de Educação e investigadora visitante no ICS da Universidade de Lisboa. Atualmente pesquisa os livros infantis do acervo da Casa de Rui Barbosa com bolsa de pós-doutorado sênior da Faperj. É autora de publicações nas áreas de historiografia, história da educação, história do livro e da literatura infantil.

Patricia Tavares Raffaini é pós-doutoranda no Departamento de História da FFLCH/Universidade de São Paulo. Esse texto faz parte da pesquisa “Leitura ficcional na infância. 1880-1920” financiada pela Fapesp.

Ficha Técnica:
INTELECTUAIS MEDIADORES
Organização de Angela de Castro Gomes e Patricia Santos Hansen
490 páginas
R$ 54,90
Civilização Brasileira
(Grupo Editorial Record)

Fonte: Assessoria de Imprensa
Leia Mais ►

Continue lendo...

Terras de Atlas

Livro revela 5 curiosidades sobre continente perdido de Atlântida

Temas foram levantados pelo psiquiatra Bernardo Lynch de Gregorio, 
autor da obra de ficção “As Terras de Atlas”



Telepatia, engenharia genética, poder dos cristais. Os mistérios que envolvem a civilização perdida de Atlântida viraram objeto de estudo, durante dez anos, do psiquiatra e escritor Bernardo Lynch de Gregorio. O levantamento foi fundamental para a elaboração do livro de ficção “As Terras de Atlas”, no qual ele apresenta a civilização perdida de Atlântida e os motivos que levaram à sua extinção.

A lenda do continente perdido, que teria desaparecido no meio do oceano Atlântico, faz parte da cultura universal e do inconsciente coletivo da humanidade. Foi citada pelo filósofo grego Platão e no roteiro de muitos filmes do cinema. Já a obra de Bernardo apresenta diversas curiosidades sobre um dos mistérios mais antigos da Terra. Conheça cinco mistérios de Atlântida. 

Cristais de quartzo
De acordo com a obra “As Terras de Atlas”, os cristais de quartzo ocupavam um lugar central no mundo atlante. Eles gravavam a memória de seu povo na sua estrutura interna, que alguns afirmam ainda ser acessível. Ali estão as fontes de energia e sabedoria de Atlântida. Com os cristais também era possível mobilizar e controlar a energia vital retirada de sementes, que ativavam tecnologias de veículos aéreos flutuantes, transmissão de mensagens à distância e até engenharia genética. A arquitetura também era influenciada pelos cristais, que emitiam energia e sustentavam edifícios flutuantes. Por isso, os cristais de quartzo ainda são ligados ao misticismo nos dias de hoje.

Tecnologia avançada
Os atlantes dominavam muita tecnologia, desde a energia dos cristais na agricultura e pecuária, até engenharia genética. Os sacerdotes, por exemplo, criavam novas espécies de animais, como as serpentes. Elas eram colocadas na floresta que circundava a cidade de Posêida, uma das principais do continente, para impedir a fuga dos moradores.

Linguagem fictícia, telepatia e fala imagética
Assim como J. R. R. Tolkien (de “O Senhor dos Anéis”) e George R.R. Martin (de “As Crônicas de Gelo e Fogo”), Bernardo Lynch de Gregorio também criou línguas fictícias para o livro “As Terras de Atlas”. A comunicação atlante também envolvia telepatia e fala imagética (transmissão mental de imagens amplificadas pelos cristais de quartzo).

Continente de Lemúria
Além de Atlântida, há diversas histórias de outros continentes perdidos, como Lemúria. O autor de “As Terras de Atlas” conta que foi neste continente que surgiram os ancestrais dos atlantes, que rumaram para Atlântida fugindo do solo instável e das frequentes erupções vulcânicas.

Origem mitológica
Atlântida pode ser a origem comum de diversos mitos do mundo, além de aspectos culturais como pirâmides e sacrifícios de touros. A arquitetura piramidal, presente em culturas ameríndias, africanas e até asiáticas, era usada em Atlântida para marcar locais importantes dedicados a atividades sagradas e nobres, como templos e palácios. Já a história do dilúvio, presente nas narrativas indígenas, no relato bíblico e na mitologia hindu, entre outros, pode ter surgido a partir da destruição da civilização, por exemplo, fazendo do continente perdido a origem comum de todas essas histórias.

Para saber mais sobre Atlântida, mergulhe no livro “As Terras de Atlas”, disponível com preço promocional no site http://www.editorabarauna.com.br/as-terras-de-atlas-1188.html. Para mais curiosidades, confira a fan page www.facebook.com/terrasdeatlas.

Ficha Técnica:
Autor: Bernardo Lynch de Gregorio
ISBN: 9788543705125
Página: 291
Link 15 páginas em PDF:  http://issuu.com/editorabarauna/docs/as_terras_de_atlas-16x23_15?workerAddress=ec2-54-85-222-205.compute-1.amazonaws.com
Valor sugerido no site: R$ 40,00
Para comprar: http://www.editorabarauna.com.br/as-terras-de-atlas-1188.html

Fonte: AD Comunicação & Marketing
Leia Mais ►

Continue lendo...

Almas de Porcelana

Livro angolano revela a fragilidade humana

A importância da obra é reforçada pelo fato de que no Brasil há pouquíssimas publicações de escritores negros de Angola


Descobrir o mundo exterior a partir de seu interior, essa é a proposta do poeta e jornalista Gociante Patissa em seu novo livro “Almas de Porcelana”. Editado e lançado no Brasil pela Penalux, como o próprio título já diz, a obra apresenta de maneira poética a fragilidade dos seres humanos e suas relações com familiares, com outros e com a própria vida.

A obra trata-se de uma seleção de poemas de dois livros já publicados pelo autor, “Consulado do Vazio” e “Guardanapo de Papel”, catalogados em duas partes. “Almas de Porcelana” ainda reserva uma terceira parte dedicada a poemas diversos.

Em seu trabalho, o autor é sempre muito franco ao expor o mundo e as histórias que o cercam.  No poema “Obras do Tempo”, Patissa mostra a dor causada pelas minas terrestres espalhadas pelo solo africano. Ele apresenta o sofrimento das vítimas em forma de palavras, como, por exemplo, “Quando perdi as pernas; começou o Titanic da minha vida a afundar; (...) quantos mais se amputarão; quantas minas ainda afinam vozes; para a hora da explosão?; até quando as armadilhas?”.

Poesia intimista

Porém, mesmo agarrado à imagem da porcelana, Patissa sabe construir a beleza daquilo que um dia foi apenas mero barro, mas graças ao calor da poesia e ao talento do poeta transfigura-se em algo de inestimável valor. Sua fragilidade reside na apreciação pacífica que emana de seus poemas sensíveis. Há neles belas filigranas de esperança, como num delicado conjunto de fina porcelana, em cujas peças brilha um arremate nostálgico.

Para os editores Tonho França e Wilson Gorj, a poesia de Gociante é intimista e sensível, procurando sempre símbolos que compreendem a relação do “Eu” com o “Mundo” e vice-versa. “As ideias centrais são como se seus contornos desenhassem o externo, e o autoconhecimento viesse através do ‘Outro’, mas o ‘Outro’, também, é uma ideia vinda do ‘Eu’”.

A importância do livro é reforçada, segundo os editores, pelo fato de que o mercado editorial no Brasil acolhe poucas obras de escritores negros, principalmente oriundos de outros países, como Angola. Eles dizem que os autores angolanos mais conhecidos no país - como, por exemplo, Mia Couto e Agualusa - traduzem um perfil de escritor um tanto quanto distante da realidade populacional daquela região, na qual os negros são a maioria. “O que deixa o repertório brasileiro fraco e pouco diversificado”.

- Porém, Almas de Porcelana é um livro que tenta quebrar essas barreiras, enriquecendo nossa cultura e visão de mundo - reforça.


Serviço:
Editora Penalux
Livro: Almas de Porcelana
Autor: Gociante Patissa
Publicação: 2016
88 páginas, 14x21 cm
Preço: R$32,00
Link para comprar: 
http://www.editorapenalux.com.br/loja/product_info.php?products_id=401

Fonte: Drumond Assessoria de Comunicação

Leia Mais ►

Continue lendo...

Obra inédita de premiado poeta argentino

Brasil recebe obra inédita de premiado poeta argentino

Livro de Rodolfo Alonso contará com tradução de imortal da ABL


      Conhecido por ser amigo pessoal dos escritores Carlos Drummond de Andrade e Murilo Mendes, o poeta argentino Rodolfo Alonso terá sua obra traduzida para o português. Editado pela Penalux, o livro “Poemas Pendentes” trata-se de uma edição bilíngue que reúne textos inéditos de Alonso no país. Além de ser um grande presente da cultura argentina, conta com a tradução de Anderson Braga Horta, imortal da Associação Brasileira de Letras.

    Segundo os editores Tonho França e Wilson Gorj, o livro se divide em duas seções. A primeira parte, cujo o subtítulo é ‘‘Aparecidos”, inclui poemas inéditos que, por uma ou outra razão, não foram incorporados em publicações anteriores. Com o tema ‘‘Aparições”, a parte seguinte reúne os textos recentes a partir de seu último livro editado.

 O conteúdo:
     O livro revela e compartilha os pensamentos do autor. Os temas dos poemas são bem diversificados, por exemplo, falam de amor, sobre lembranças do passado, detalhes da beleza da vida, um pouco do cotidiano de Buenos Aires aos olhos do poeta e também política.

    - A poesia de Rodolfo Alonso não usa as palavras pela sensualidade que desprendem, mas pelo silêncio que concentram. O autor tenta exprimir o máximo de valores no mínimo de matéria vocabular, impondo-se uma concisão que chega à mudez. A ambição deste poeta - como saber ao certo a ambição da poesia? – talvez seja trazer para a vida de todos os dias o fogo de uma chaga viva de amor, ardendo no maior silêncio de compreensão – relatam os editores. 

Sobre a editora: 
     Fundada por Wilson Gorj e Tonho França, a editora Penalux nasceu em meados de 2012 com o propósito de selecionar pela qualidade da obra e pelo potencial do autor. Com autores do Brasil e do exterior, a editora já publicou mais de 300 obras dos mais diversos gêneros: contos, micronarrativas, crônicas, romances, poesias e acadêmicos. A empresa também investe na publicação de novos autores, dando-lhes a possibilidade de publicar sem custos de edição. Isso é facilitado em grande parte por trabalhar com pequenas tiragens, o que possibilita atender cada autor conforme sua demanda.

Serviço:
Livro Poemas Pendentes
Rodolfo Alonso, Buenos Aires (AR)
Editora: Penalux
Páginas: 198
Valor sugerido:
Link para comprar: http://www.editorapenalux.com.br/loja/product_info.php?products_id=415

Fonte: Drumond Assessoria de Comunicação

Leia Mais ►

Continue lendo...

Jardim Fechado

Mato Grosso do Sul em forma de poesias



      A poeta Raquel Naveira irá fazer uma grande homenagem ao Mato Grosso do Sul durante a Feira Literária de Bonito (Flib), MS. Ela irá comemorar, no dia 8 de julho, o lançamento oficial da coleção dos melhores poemas de seus 30 anos de carreira, intitulada “Jardim Fechado – Uma antologia poética”. 

     Ao falar sobre o Mato Grosso do Sul por meio de versos consistentes, a escritora mostra um Brasil que vai além do eixo Rio - São Paulo. A obra reúne vinte poemas significativos, selecionados de cada um dos seus quinze livros de poemas publicados de 1989 até hoje. “Essa antologia tem um clamor de voz da terra e da alma sul-mato-grossenses. Uma alma da fronteira que foi derramada em versos”.

    Jardim Fechado é o nome de um poema que encabeça um conjunto de poemas que haviam permanecido inéditos até a publicação desse livro – relata. A obra é editada pela Vidráguas e tem o apoio da Secretária de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei). O livro em cada capítulo tem uma pequena introdução, informando ainda sobre a quais prêmios a obra foi indicada. 

     Segundo Carlos Nejar, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e autor do prefácio, a poesia de Naveira é de centelhas que se somam aos fatos, com imagens que rodam no meio de relâmpagos. Para Nejar, a obra traça um grande perfil da autora e de sua trajetória de 30 anos de criação, missivismo, viagens e dedicação ao magistério e à literatura.

 Sobre a Flib 
      Com o tema "Palavra Aberta. Palavra Liberta!", a Feira Literária de Bonito (MS) acontecerá entre os dias 6 e 9 de julho. A proposta do evento é retomar a formação de novos leitores e aproximando o público de diversas formas de expressão cultural. O homenageado do ano será o escritor Lobivar Matos (1915-1947). Com uma produção literária intensa, o poeta foi autor de obras como Areôtorare: poemas boróros e Sarobá ainda muito jovem, antes dos 20 anos, na vanguarda do Modernismo brasileiro.

 Sobre Raquel Naveira:

     Nasceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no dia 23 de setembro de 1957. Formou-se em Direito e em Letras pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB/MS), onde exerceu o magistério superior, desde 1987 até 2006, quando se aposentou e mudou para São Paulo, onde permaneceu por dez anos. Doutora em Língua e Literatura Francesas pela Universidade de Nancy, França. Mestre em Comunicação e Letras pela Universidade Presbiteriana Mackenzie/SP. Apresentadora do programa literário “Prosa e Verso” pela TV UCDB (2000-2006) e do “Flores e Livros” pela UP TV e pela ORKUT TV. Pertence à Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, à Academia Cristã de Letras de São Paulo e ao PEN CLUBE DO BRASIL.

Para comprar um exemplar solicite via e-mail:  raquelnaveira@gmail.com

Fonte: Drumond Assessoria de Comunicação

Leia Mais ►

Continue lendo...

ProAC 2016

Estão abertas as inscrições para os Editais ProAC 2016 !


Com o objetivo de fomentar e difundir a produção artística em todas as regiões do Estado, o ProAC apoia financeiramente projetos artísticos, selecionados por meio de Editais. Diversas expressões culturais são contempladas pelo programa em Editais específicos, entre elas: teatro, dança, música, literatura, circo, artes cênicas para crianças, festivais de arte, audiovisual, museus, diversidade e artes visuais.

Lançados anualmente, os Editais funcionam como concursos, nos quais os projetos inscritos são avaliados por uma comissão composta por especialistas do segmento escolhido. A verba é oriunda de recursos próprios da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Os grupos beneficiados pelo ProAC devem obrigatoriamente oferecer contrapartidas sociais, na forma, por exemplo, de exibição de espetáculos a preços populares ou gratuitos.

Na área de Música, os editais de gravação e circulação, se encerrarão em 18/07/2016. 
Os Festivais de Artes I e II, se encerram em 29/06/2016. 
As inscrições agora são 100% on-line !



Cooperados que tem interesse em se inscrever utilizando a Cooperativa de Música como proponente, escrevam para: producao@cooperativademusica.com.br e producao2@cooperativademusica.com.br , identificando-se com:

Nome completo do cooperado 
Nº do edital que desejam participar 
Nome do projeto

Em resposta receberão login e senha para efetuar a inscrição on line e o kit de documentos em PDF, conforme descrito no Edital.

Ainda não é cooperado e deseja se inscrever através da Cooperativa? 
Acesse www.cooperativademusica.com.br , clique na aba "Associe-se" ,siga os passos para fazer sua adesão e posteriormente, inscrição no ProAC.

Não deixem para a última hora, boa sorte !

Fonte: assessoria de imprensa
Leia Mais ►

Continue lendo...

Sonhe grande

Sonhe grande: inspire-se, divirta-se e
 aprenda com Nick Vujicic  


No segundo título da série ilustrada, o autor convida os leitores para uma 
emocionante aventura, repleta de desafios e lições de vida



“Encontramos coragem para enfrentar as dificuldades quando temos um propósito claro. Mesmo que o medo apareça, não fugiremos das circunstâncias difíceis. Desde que defini meu sonho, descobri meu propósito na vida”.  Nick Vujicic

   Depois de 'Me dá um abraço', a Editora Mundo Cristão anuncia o lançamento de 'Sonhe Grande', continuação do belíssimo testemunho de Nick Vujicic, autor best-seller e referência em assuntos relacionados à superação, motivação e fé. 

   Devido à rara síndrome denominada tetra-amelia, que ocorre por falha na formação embrionária, Nick nasceu sem braços e pernas, mas isso não o impediu de ser um importante evangelista e palestrante internacional. Ele já esteve em mais 50 países e falou para mais de seis milhões de pessoas. Seu exemplo é inspirador e sua vida uma aventura cheia de desafios e milagres. 

   Em Sonhe Grande, ele volta aos anos de sua infância, relembrando fatos divertidos de sua trajetória, dramas que precisou enfrentar e lições que aprendeu com seus erros e acertos. Em oito capítulos ricamente ilustrados e com uma linguagem envolvente, o autor convida os leitores a embarcarem na jornada que fez em busca da concretização de seu sonho, sempre ressaltando a importância do amor e dos gestos daqueles que o influenciaram positivamente. 

   Com aventuras emocionantes, repletas de lições de vida, a qual todos estão convidados a conhecer, Sonhe Grande, é um livro apaixonante, indicado não apenas para as crianças, mas para os adultos também! 

“Quando temos um propósito claro, encontramos coragem para superar nosso medo. Essa coragem nos fortalece para que continuemos a correr atrás de nosso sonho” (pag. 27)


Ficha Técnica
Editora Mundo Cristão
Autores: Nick Vujickc
Páginas: 88
Preço sugerido: 29,90

Sobre o autor: Nick Vujicic - Evangelista australiano, palestrante motivacional e escritor best-seller, Nick Vujicic já falou para mais de seis milhões de pessoas em mais de 50 países. Sua história de vida, fé e superação é um testemunho poderoso acerca do poder de Deus que oferece uma nova e maravilhosa perspectiva de vida para o homem, mesmo em meio às mais extremas dificuldades.

Nick  nasceu sem as pernas e os braços devido à rara síndrome denominada  tretra-amelia, que ocorre por falha na formação embrionária. As limitações que possui, no entanto, não conseguiram barrá-lo. Sua atitude positiva, força de vontade e confiança em Deus são os combustíveis para uma vida inspiradora e repleta de conquistas. Formado em economia e contabilidade, ele é o criador da empresa  Attitude is Altitude, pela qual inspira pessoas em todo mundo por meio de preleções em escolas e empresas. Ele é também o fundador e presidente da  Life Without Limbs  [Vida sem membros], uma organização assistencial que tem como objetivo compartilhar a mensagem de Jesus Cristo.  Nick  é casado com Kanae, com quem tem um filho, Kiyoshi.  

Fonte: Lilian Comunica
Leia Mais ►

Continue lendo...

Curso - Universidade do Livro

Curso aborda os problemas gramaticais mais frequentes no trabalho com o texto e acontece de 5 a 8 de julho


A Universidade do Livro realiza mais uma vez o curso Gramática para preparadores e revisores de texto. Sucesso consagrado, visa discutir os problemas gramaticais mais frequentes na produção, preparação e revisão de textos editoriais de ficção e não ficção e solucioná-los de acordo com a norma, o contexto e o manual de estilo adotado pelas editoras.

Ao longo de 12 horas/aula, a editora executiva Ibraíma Dafonte Tavares discute as etapas da produção editorial, texto e contexto abordando os problemas de comunicação e os níveis de intervenção editorial. Também levanta questões de linguagem, como coesão e coerência, usos especiais do verbo, a formação do imperativo, o emprego do subjuntivo, a flexão do infinitivo pessoal, pronomes retos e oblíquos no português do Brasil, regência verbal e uso dos artigos. Aborda ainda as dúvidas frequentes sobre o emprego dos "porquês", os clichês e outras questões de linguagem.
 

 
Carga horária: 12 horas
Curso presencial
5 a 8 de julho | 18h30 às 21h30
Praça da Sé, 108 | Centro | São Paulo (SP)
Inscrições até: 05/07/2016 às 15h

Fonte: assessoria de imprensa

Leia Mais ►

Continue lendo...

Concurso Nacional Literário Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico

Concurso Literário Infantil tem participação 
recorde e encerra com 3.400 trabalhos recebidos

4ª edição do “Concurso Nacional Literário Infantil Espantaxim e 
o Castelinho Mágico” mobilizou professores, pais e crianças




Com um tema propício para a fase que o país está passando, e com a ajuda dos professores que trabalharam o tema em classe com seus alunos, o “IV Concurso Nacional Literário Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico” bateu recorde de participação e excedeu as expectativas dos organizadores. Foram 3.400 trabalhos recebidos - entre redações, poesias e mensagens. Participaram da iniciativa cerca de 70 escolas públicas e privadas de 10 Estados e mais de 30 cidades brasileiras. Só para relembrar, a edição passada reuniu 1.930 trabalhos.

“Brasil: Gigante pela própria natureza”, foi o tema escolhido e teve como objetivo despertar o sentimento de patriotismo e cidadania, além de incentivar a escrita e a leitura, e estimular a criatividade e a imaginação dos pequenos. O Concurso faz parte do Projeto Espantaxim, criado há 14 anos pela autora e escritora Dulce Auriemo. Participaram crianças de 7 a 12 anos.

Vencedores e Selecionados

“Chegou o momento tão esperado pela comissão julgadora que é a leitura e apreciação das obras recebidas. O trabalho de julgamento requer muita atenção e cuidado, mas ao mesmo tempo é bem prazeroso. Vamos necessitar de um certo tempo para selecionar os trabalhos entre o significativo número de 3.400 obras”, declara Dulce Auriemo, idealizadora do Projeto Espantaxim.

Do material selecionado serão escolhidos os vencedores que ganharão o cobiçado troféu do Prêmio Espantaxim 2016 e a coleção de obras do projeto.  Todos os selecionados e vencedores receberão o boneco do personagem Espantaxim, líder da Turminha e querido pelas crianças.

E o reconhecimento não para por aí. A maior alegria para as crianças participantes é fazerem parte da “IV Antologia Espantaxim e o Castelinho Mágico”, onde elas terão a oportunidade de ver o seu trabalho literário publicado em um livro muito especial com outros jovens escritores.

As três Escolas, Instituições ou Associações que tiverem um maior número de alunos selecionados para compor a Antologia também serão premiadas.

Sobre o Projeto Espantaxim:

Criado em 2002 o Projeto Espantaxim já atingiu milhares de pessoas de todas as idades, por meio de apresentações em teatros, escolas, livrarias, bienais, feiras do livro, clubes, instituições, CEUs, ações solidárias, workshops, concursos  e shows beneficentes.

Com muitas canções, poesia, histórias e personagens, o objetivo do trabalho é despertar nas crianças, de maneira lúdica e atraente, o interesse pela literatura, a escrita e a leitura, pela música e o aprendizado musical, e pelas artes visuais. Assim como, incentivar a preservação da natureza e do meio ambiente, a prática de esportes, e a cultura da paz. A obra líteromusical infantil “Espantaxim e o Castelinho Mágico”, dedicada especialmente às crianças, oferece uma contribuição de valor educativo e cultural à literatura musical infantil brasileira.

Mais recentemente, acompanhando a evolução da internet, houve o lançamento do Espantaxim Minimove. São mini vídeos em 2D que podem ser acessados no canal do Projeto no Youtube, www.youtube.com/espantaxim, e destacam os personagens do Castelinho Mágico transformados em TOY ART. Esses episódios trazem sempre uma mensagem divertida de amizade, desafio, brincadeiras e boas ações.

No site do projeto www.espantaxim.com.br é possível ter acesso a todo o histórico dos trabalhos já realizados, conhecer os personagens, canções, fotos, vídeos, jogos e atividades educativas, além da página especial dedicada aos educadores. Informações sobre o projeto também podem ser encontradas na fan page no facebook: Espantaxim Castelinho Mágico”. 


Fonte:R&F Comunicação Corporativa
Leia Mais ►

Continue lendo...

Amor de Cordel

O divórcio é o fim? Ou apenas o começo?


O livro Amor de Cordel, da autora paulista Andrea Marques, narra a história de uma terapeuta que passa pela separação do casamento de longa data, e recomeça a vida apaixonando-se por um paciente.




Com uma narrativa envolvente, a autora paulista Andrea Marques lança o primeiro livro da trilogia, Amor de Cordel. Conversando com o leitor sobre temas polêmicos, como o amor entre um jovem homem e uma mulher mais velha, a impossibilidade de ter filhos e a traição, a leitura é um romance que se apresenta cheio de impossibilidades e reviravoltas.

O enredo roda em torno de Carolina, uma terapeuta ocupacional que acaba de passar por uma separação abrupta do casamento de mais de 14 anos. Separada, ela precisa recomeçar a vida, mesmo já sendo independente financeiramente. Com 38 anos, tímida e sem muitos amigos, as chances de encontrar um novo amor são pequenas.

“As palavras dele ficaram se repetindo na minha mente e mesmo assim eu não conseguia entender o que ele estava dizendo. Depois de catorze anos juntos ele estava falando que não me amava mais? Que estava apaixonado por outra mulher? Não consegui dizer nada, estava atônita.”

Entretanto, o jovem arquiteto Alexandre entra na vida da terapeuta e a vira de cabeça para baixo. Jovem, bonito e muito comunicativo, Alexandre é o total oposto de Carolina. Apesar de tudo, ela se apaixona perdidamente por ele, trazendo à tona sentimentos conflituosos sobre valores, como mulher e como terapeuta.

“Mordi os lábios quando terminei a frase, e sem querer admitir para mim mesma, pedi secretamente aos céus que Alexandre realmente fosse apenas mais um paciente para mim.”

Agora, com um novo amor, resta a ela enfrentar as dificuldades que a vida lhe impor no caminho. Permeado por traições e intrigas, Amor de Cordel é um romance contemporâneo que desperta a paixão até mesmo nas leitoras mais modernas e independentes. 


Ficha técnica:
Amor de Cordel
Páginas: 400
Preço sugerido: R$34,90

Sobre a autora: Andrea Marques, 40 anos, é casada e tem uma filha de 2 anos. É formada em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de São Carlos e, durante 15 anos, atendeu pessoas com sequelas neurológicas e ortopédicas em clínicas de reabilitação e hospitais. Foi com base nas histórias de seus antigos pacientes e na própria história que teve inspiração para criar as personagens de Amor de Cordel.

Fonte: Lilian Comunica

Leia Mais ►

Continue lendo...

Marcadores

 Lançamento Assessoria de imprensa  Divulgação Eventos  Lançamento !0 anos Selo Martins; Livros "33" “Confusões de um garoto” 100 receitas para festinhas 13 Horas: Os soldados secretos de Benghazi 2º Festival de Doces 600 Phrasal Verbs 61 Feira do Livro Porto Alegre A Aposta A Arte de Caminhar A Caminhada A Conquista da opinião pública A Desconhecida A Filosofia da Dança; Selo Martins A Filosofia da Mafalda A humanidade contra as cordas À Mesa com o Valor; A Moral Universal - Ou Os Deveres Do Homem Fundamentados Na Sua Natureza A Mulher Sábia de Provérbios 31 A Mulher Sábia de Provérbios 31; Luzinete Sá; Editora Ágape Agentes Especiais – E o mistério na fábrica de celulares Alfabetização Almas de Porcelana Alta Literatura Amor de Cordel Anhanguera promove Feira do Livro Animais nossos irmãos ANL Aprendendo a Ouvir - Uma Vida dedicada às crianças Arlindo Grund Artes As Terras de Atlas Assessoria de imprensa Audio-Livros Auto-conhecimento Aventuras da Princesinha Bamboo Editorial Baravy Editora Baudoin Bebês Bienal 2015 Bienal do Livro - RJ Bienal do Livro- SP Bienal Livro 2014 Bienal RJ bioquímica e microbiologia Caçadores de Almas Câmara Brasileira do Livro – CB Camejo Canetas Carina Gonçalves Carreira Carros Cashback Piggypeg CCXP Centro Britânico Christian Figueiredo de Caldas Cia das Letrinhas Cia dos Livros; Livrarias Cidades Cidades Rebeldes Ciee Cinco Dias Clarice Lispector Coleção Colégio BAL Comida que Cuida Como Dizia Minha Avó; Livrus Como Ser Solteira Comportamento Comunicação Empresarial Comunicologia - Reflexões sobre o Futuro; Selo Martins Fontes Concurso Nacional Literário Infantil Espantaxim e o Castelinho Mágico Condenados a Amar ConteJá Coquetel CR Comunicação Criança Crônicas do Bizarro Mundinho Corporativo Culinária Cultivare Comunicação e Design Cursos Curupira Dança; Danilo Angrimani Dez Coisas Que Aprendi Sobre o Amor Dia das Crianças Dia dos Pais Dia dos Professores Diário de Julia Silva Digital Trix Direto ao ponto Disa Disal Divulgação Dogmas Dormindo no verbo Dr. Rey Ecco Press Comunicação Ediouro Editora Editora Alaúde Editora Ave Maria Editora Bamboozinho Editora Bamboozinho. Editoras Editora Baraúna Editora BestSeller | Editora Biruta Editora Boa Nova Editora Cognorama Editora DSOP Editora Estação Liberdade Editora Évora Editora Generale Editora Geração Editora IBC Editora Moderna Editora Novas Ideias Editora Novas Páginas Editora Novo Conceito Editora Novo Conceito; 172 Horas na Lua; recebemos na redação Editora Paz e Terra Editora Record/ Grupo Editorial Record editora Tordesilhas Editora Universo dos Livros Editora: Bertrand Brasil Editora: Record Editora: Record - Grupo Editorial Record; Indomável Sofia Editoras Educação Educação e Hereditariedade - Estudo Sociológico; Selo Martins; Elielson Costa Elpidio Alves Pinheiro Empregos Enem Entrevista Eraldo Miranda Escolas Esperando Por Doggo Eu Estava Aqui e você? Eu Fico Loko 2 Eventos Ex-Libris Comunicação Integrada Exposição Exposição Morada do Silêncio; Cultura Feita de Letra e Música Felicidade Ficção Fique Forte - Você Pode Superar o Bullyin Francisco - O santo de Assis na Origem dos Movimentos Franciscanos Fred Vargas Frida Kahlo FTD Garota online – em turnê Gastronomia Gente esperta não faz dieta Geografia Grande Ideia Assessoria de Imprensa Gripe H1N1 - tudo o que você precisa saber Grupo Editorial Record Grupo Máquina Guerra do Fogo Guimarães Rosa História História de Missy – Uma história de amor;Brecel Editora e Gráfica Histórias da Cléo PR1; Cléo Busatto HSM Educação Executiva Humor Idígalo Todo en Portugués de Brasil! Ilelis Editora Indicação para leitura Infantil Infanto-juvenil Informação Escrita para Mercado Editorial Inglês de Rua Inglês para o Enem Inocência Instituto Germinare Intelectuais Mediadores Inteligência Emocional 2.0 Jardim Fechado JCG Comunicação Lançamento Lançamento Assessoria de imprensa Lilian Comunica Lily na Passarela Literatura Fantástica Livraria Cultura Livraria NovoSete Livro “Enem #superdicas” Livro Falante Livro Imagem livros Livros em destaque Lúdico Manifestações Mar de Ideias - Navegação Cultural Marcos Morelli Martins Fontes - Selo Martins Martins Fontes - Selo Martins; Édith Piaf; JCG Comunicação; Música Matrix Editora Mercado Merlin Coverley Meu pé de alecrim deu fulô Meu Pequeno Evangelho Minha lição de fé Mitologia Monica Picavêa Mostra Paralela de Música MUBE Mube; Livro Falante; Meu Pé de Laranja Lima Mude sua dieta em 52 passos simples Mulher de 60 anos Musical infanto-juvenil O Livro de Tatiana Nada Para Vestir Natal Notícias Notícias - Livrarias Notícias do Setor Novas Páginas Novo Século O Bangalô O Fantástico Significado da Palavra Significado O Goleiro dos Andes O Lado B do Amor O Menino e o Vento O Menino que Lia Nuvens O pomar das almas perdidas O primeiro último beijo O que aprendi sendo xingado na Internet O segredo do anel e outros contos do bem-viver Oficina Raquel Oficinas do Texto 2016 Operação Cupido Os Animais Célebres Os Caminhos de Carla Os Quatro Rios Palestra Lágrimas Futebol Clube Palmeiras Para Continuar Parabéns Professores Paradiso Parceria 6 Pelos Mares do Mundo Pensamentos Soltos Pensando Bem Peppa Pig Planeta Planeta DeAgostini Planeta DeAgostini; Decoração Planeta DeAgostini; Gastronomia Poema Poemas Pendentes Política Por Onde Começar Postagem em destaque Pouso Forçado Preciso do Seu Amor Primavera Editorial ProAC 2016 PublishNews Quem Matar na Hora da Crise Quino Rafael Cortez Recebemos na Redação . Regina Machado Religião Religioso Renato Bernhoeft – A reinvenção da consultoria para empresas familiares Republique du Salem Revolução Urbana Ricardo Viveiros Rio Press Assessoria de Imprensa Romance Romance Erótico Ruth Rocha; Salamandra S2Publicom Sanofi Saúde Selo Martins Selo Pixel Media Sesc Bom Retiro Simone Magno Sirva para vencer Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) Sonhe grande Star Wars Star Wars Capacetes de Coleção Sucesso nos Exames Super Nova - A Estrela dos Mortos Super-heróis da Marvel T. Berry Brazelton Tatiana Belinky Teatro do Estudante do Brasil Teatro Mágico Terror Texto & Imagem Comunicação; Livros Todos os Nossos Ontens Tordesilhinhas Travis Bradberry e Jean Greaves Trend Comunicação Tsunami – porque as empresas que surfam esta onda Tudo em Pauta Uma Ponte entre as Religiões Universidade do Livro Uvas e vinhos: química Verus Editora Vervi Assessoria de Imprensa; Leilão Livro de Rugendas Warcraft - O Encontro dos Dois Mundos Warcraft - Por Trás do Portal Negro Way Comunicações Will You Play With M Zac & Mia

Siga-me por Email