Domingos Oliveira lança

 ‘Minha vida no teatro’

Livro reúne 9 peças do diretor, além de “Do tamanho da vida”, suas reflexões sobre teatro


O dramaturgo Domingos Oliveira lança “Minha vida no teatro”, pela editora LeYa. O autor, que encenou nove peças nos últimos dez anos, decidiu publicá-las juntamente com o texto “Do tamanho da vida”, que registra suas observações sobre o teatro, após quase 50 anos de militância artística.

“Minha vida no teatro” – uma brincadeira confessa com o livro do autor russo Stanislavsky – começa com uma breve e bem-humorada introdução na qual o autor traça um esboço de sua trajetória profissional. Em seguida apresenta “Confronto”, peça que analisa as relações do poder com o crime. Todas as peças são precedidas por comentários de Domingos que contextualizam a montagem, revelam o processo de criação do texto, a escolha dos atores e outros detalhes.

O segundo scritpt é o de “Apocalipse”, texto que narra uma crise existencial de Deus, nas palavras do autor. A comédia “Largando o escritório”, uma crônica sobre a classe média, dá sequência ao livro e antecede “Rita formiga”, texto inspirado na amiga e atriz Maria Gladys.

A peça “Profissão âncora”, baseada em “Corpo a Corpo”, de Oduvaldo Viana Filho, é uma homenagem de Domingos ao autor, morto precocemente aos 38 anos. Já as “Confissões das mulheres de 40” evocam a lembrança de trabalhos anteriores - as confissões de adolescente e as das mulheres de 30 - e posteriores: a peça deu origem ao filme “Feminices”.

Também estão presentes no livro as peças “Jung e eu”, escrita sob encomenda para Sérgio Brito e “Todo mundo tem problemas (sexuais)”, um dos grandes sucessos da carreira de Domingos Oliveira. Completam a obra as reflexões do dramaturgo sobre sua arte, publicadas anteriormente sob o título “Do tamanho da vida”.

Domingos afirma que nunca pensou em escrever uma biografia, pois falar sobre sua vida externa ao teatro seria “quase como mentir”. No entanto, é quase impossível separar uma coisa da outra no percurso desse artista de 73 anos de vida, quase 50 de carreira. Assim, entre um script e outro, acompanhamos deliciosas histórias, entre elas: a briga (e as pazes) do diretor com a atriz Marília Pêra, a amizade com o escritor e também diretor Vianinha, a peça escrita especialmente para Sérgio Britto (porque não havia personagens para um ator de 83 anos). Episódios que, juntamente com a produção de Domingos, compõem a história do teatro brasileiro.

Ficha Técnica
Título: Minha vida no teatro
Autor: Domingos Oliveira
Formato: 21 x 24 cm
Brochura
Nº de páginas: 416
Preço: R$ 59,90

Sobre o autor
Domingos Oliveira é ator, dramaturgo, cineasta e diretor teatral. No teatro, recebeu diversos prêmios, entre eles o Mambembe e o Molière, e foi responsável por sucessos de crítica e público como “Ensina-me a viver”, “Adorável Júlia”, “Confissões de Adolescentes”, “Todo mundo tem problemas (sexuais)”. Estreou no cinema com o filme “Todas as mulheres de mundo”; fez também “Amores” e “Separações”, entre outros. Atualmente comanda, juntamente como Priscilla Rozebaum, o programa “Coisas pelas quais vale a pena viver, no Canal Brasil, e ensaia a peça “Do fundo do lago escuro” .

Fonte: assessoria de imprensa

Siga-me por Email