“Só para garotas” e “Só para garotos”

Dedicados ao público infantil, os títulos oferecem dicas e conselhos bem-humorados para meninas e meninos




“Só para garotas”, de Juliana Foster, e “Só para garotos”, escrito por Dominique Enright e Guy Mcdonald, são voltados para crianças entre sete aos 13 anos, um público que ainda não entrou na adolescência, mas já não se contenta com fábulas e contos de fada.

Em “Só para garotas – como ser a melhor em tudo” as dicas são as mais diversas e englobam várias áreas de interesse. Os capítulos são, na verdade, ensinamentos que começam sempre com a palavra “como”. Assim, a pequena leitora vai aprender sobre etiqueta (Como comer com hashi), vida animal (Como domar um cavalo selvagem); sobrevivência (Como sobreviver no deserto); beleza (Como fazer a perfeita manicure em você mesma) e relacionamento com os pais (Como persuadir seus pais a comprarem um animal de estimação).

“Só para garotos – como ser o melhor em tudo” segue a mesma linha, ou seja: um manual repleto de sugestões e lições nas mais diversas áreas, como por exemplo: etiqueta (Como dar nó em gravata), experiências (Como fazer um ovo entrar numa garrafa); brinquedos (Como fazer um bumerangue); jogos (Como vencer jogos de computador); esportes (Como converter um pênalti e Como sacar como um campeão de Wimbledon); escotismo (Como fazer uma fogueira de acampamento).

Ambos os livros capricham no humor, criando com os leitores mirins um elo de cumplicidade. Os autores ressaltam, por exemplo, que para ser sempre melhor em tudo é preciso antes de tudo usar o bom senso, “não se esquecer do equipamento adequado, ficar dentro da lei e das normas locais e ter consideração pelas outras pessoas”. Às meninas ensina-se em primeiro lugar como explicar um atraso na escola, com muito bom humor, oferecendo uma lista de desculpas que incluem abdução por ETs e alegação de sigilo governamental. Meninos têm como primeira lição dicas para conseguir pular com o skate, ou ainda como fazer mágicas para impressionar os amigos!

Ilustrações leves e didáticas, mostrando passo a passo algumas instruções (Como montar uma pipa, por exemplo) colaboram para o tom bem-humorado das publicações. De entre risos, aprendizados úteis e outros nem tanto, “Só para garotas” e “Só para garotos” incentivam a leitura, a curiosidade infantil, as brincadeiras ao ar livre e a descoberta de divertimentos que ultrapassam o limite das telas – sejam de televisão ou do computador. Inclui mini baralho para mágica.

Ficha Técnica
Título: “Só para garotas – como ser a melhor em tudo”
Autor: Juliana Foster
Nº de páginas: 144
Preço sugerido: R$ 24,90
Sobre a autora: Juliana Foster é escritora de livros infantis, entre eles “How To Have The Best Christmas Ever (The Christmas Book)”.

Ficha Técnica
Título: “Só para garotos – como ser o melhor em tudo”
Autor: Dominique Enright e Guy Mcdonald
Nº de páginas: 164
Preço sugerido: R$ 24,90
Sobre os autores: Dominique Enright é editora e escritora de livros infantis. Entre suas publicações estão “Winston Churchill - The Greatest Briton” (2003), “The Wicket Wit of Women” (2000, 2003) “The Wicked Wit of Jane Austen”, “The Wicked Wit of William Shakespeare” (2003) além da coleção de poesias de Wordsworth, Burns, Keats and Kipling (2002). Dominique é filha do poeta, crítico e escritor D.J. Enright. Guy Mcdonald é escritor da série infantil de sucesso no Reino Unido “Awfully Beastly Business”. Atualmente vive em Kent, na Inglaterra.


Fonte: Assessoria de imprensa Belém Com

Siga-me por Email