Editoras brasileiras vendem 550 mil dólares em
direitos autorais na Feira do livro de Frankfurt

Editoras brasileiras presentes ao estande coletivo da Câmara Brasileira do Livro (CBL), na 62ª Feira de Frankfurt, maior do gênero no mundo, venderam US$ 550 mil em direitos autorais. Os principais compradores foram Estados Unidos e França, empatados em primeiro lugar, seguidos por Portugal, Reino Unido e Alemanha. A expectativa de negócios para os próximos 12 meses é de mais US$ 289,7 mil.

No total, 1.504 títulos de autores brasileiros, de 47 editoras, foram apresentados no evento, de 6 a 10 deste mês, a compradores de numerosas nações. A participação do País deu-se por meio do projeto Brazilian Publishers, viabilizado em convênio firmado pela Apex Brasil e a CBL. O projeto também conta com a parceria da Fundação Biblioteca Nacional, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e Sindicato Nacional dos Editores de Livros.

Ficou decidido, ainda, que o Brasil será o “País Tema” da Feira do Livro de Frankfurt de 2013, fato que contribuirá para ampliar o interesse na aquisição de direitos autorais de obras nacionais.

Dentre os expositores participantes do estande coletivo, 79% mostraram-se satisfeitos com a qualidade dos contatos comerciais realizados e 81% indicaram como ótimo o atendimento que receberam da CBL durante a feira, na qual realizaram-se 906 reuniões de negócios. Para a presidente da CBL, Rosely Boschini, a inserção internacional do livro brasileiro é crescente e evidencia a profissionalização do setor editorial. “Trata-se, também, de um caminho irreversível para o reconhecimento global dos escritores brasileiros, que, sem dúvida, incluem-se entre os melhores do mundo”.

CÂMARA BRASILEIRA DO LIVRO – CBL www.cbl.org.br
Fonte: Assessoria de Imprensa: Ricardo Viveiros & Associados - Camila Del Nero

Siga-me por Email