NOITES DE TORMENTA



O verdadeiro amor supera barreiras e é para toda a vida





O sucesso que levou os títulos Querido John e A Última Música, de Nicholas Sparks, ao topo das listas de livros mais vendidos de todos os veículos de imprensa do Brasil e a procura dos leitores nas livrarias motivou a Editora Novo Conceito a relançar o Best seller Noites de Tormenta, do mesmo autor. O romance, que vendeu 3,3 milhões de exemplares nos EUA, mostra que não existem limites para o amor e que ele acontece quando menos se espera.



Qual mulher não sonha com o príncipe encantado ou em viver uma linda história de amor? Na verdade, Adrienne Willis não. Após ter sido abandonada pelo marido (em troca de uma mulher mais jovem), com três filhos para educar e o pai doente, ela se sente perdida e vê o seu pequeno mundo desabar. Desiludida, começa a trabalhar na biblioteca da cidade para complementar a renda da família.



Em um mundo completamente diferente, do outro lado da cidadezinha de Rocky Mount, está Paul Flanner — cirurgião plástico bem sucedido que vive para o trabalho. Sem saber o porquê, Paul chega à casa e se dá conta de que está sozinho, então decide que é a hora de repensar velhos conceitos, como, por exemplo, a família.



A única coisa que Flanner e Willis têm em comum é a busca por respostas. Sem saber o que o destino reservava, eles partem à procura de um fim de semana de descanso na pequena cidade de Rondanthe, na Carolina do Norte.



Uma forte tempestade aproximava-se do vilarejo e esse cenário prometia dias inesquecíveis para os dois visitantes. As respostas tão desejadas vão aparecendo nos olhares e sorrisos, e as noites de tormenta são abafadas por abraços apertados.



“Tenho desejado tanta coisa estes dias, porém, mais do que tudo, gostaria que você estivesse aqui. É estranho, mas não consigo lembrar de quando foi que chorei pela última vez antes de conhecer você. Agora, parece que as lágrimas surgem facilmente... mas você tem um jeito de fazer com que a minha tristeza valha a pena, de explicar as coisas de um jeito que suaviza minha dor. Você é um verdadeiro tesouro, um presente”.





O autor prende o leitor em uma narração envolvente, leve e emocionante enquanto coloca Adrienne e Paul em situações que vão fazendo com que eles repensem sobre uma vida dedicada aos filhos, ao casamento e à profissão. Enquanto se aproximam das respostas, nasce um amor que ultrapassa todas as barreiras e um segredo que é guardado a sete chaves.



O autor: Perfil de Nicholas Sparks

Com 16 livros publicados e 50 milhões de cópias impressas no mundo todo, Nicholas Sparks é um sucesso retumbante. A maioria de seus livros estréiam e permanecem por uma média de 5 meses nas listas dos mais vendidos nos EUA. Em 2004, três de seus livros figuravam, ao mesmo tempo, na lista do New York Times.

Mas a vida de Nicholas Sparks nem sempre foi assim. Sparks nasceu em Omaha, Nebraska, na véspera do ano novo, apenas 8 minutos antes de 1966. Foi criado sem luxo, “à base de muita batata e leite em pó”, mas afirma que teve uma infância feliz e que a pobreza nunca foi um problema. Antes de O Caderno de Noah estourar, trabalhou no mercado imobiliário, com manufatura de produtos ortopédicos, como vendedor de remédios e garçom. Mesmo após seu livro chegar às listas dos mais vendidos, continuou trabalhando com vendas, com medo de que sua carreira como escritor fosse se resumir a um bom livro apenas.

A família

Sparks vive, atualmente, em New Bern, North Carolina, com sua esposa e cinco filhos. Catherine foi amor à primeira vista. Ele a conheceu nas férias da faculdade e, no dia seguinte, declarou que estavam destinados a se casar. Um ano e 150 cartas depois, sua previsão se mostrou correta e os dois estão juntos até hoje. Mas a trajetória do romântico Nicholas não seria apenas de finais felizes. Seis semanas após o casamento com Catherine, a mãe de Sparks sofreu um acidente andando a cavalo e morreu, aos 47 anos. Seu pai morreria sete anos depois, aos 54, em um acidente de carro e, em 2000, o autor perderia a irmã mais nova, com 33 anos, de câncer.

Em 1996, um dos filhos de Sparks, Ryan, foi diagnosticado com autismo. Um diagnóstico que depois se revelaria errado, mas que foi suficiente para desencadear um ano repleto de preocupações. Nicholas passava de 3 a 4 horas diárias com o filho, em terapia intensiva, tentando ajudá-lo a desenvolver a fala. Finalmente, o diagnóstico correto de Distúrbios do Processamento Auditivo Central, trouxe esperança à família e, em 1999, Ryan ingressou na escola em uma turma regular. A experiência com o filho marcou profundamente sua literatura, especialmente o livro The Rescue.


Treinador de atletismo

Uma faceta menos conhecida do autor é a sua paixão pelo atletismo. Durante o ensino médio, Nicholas bateu recordes na sua escola como corredor, o que lhe garantiu uma bolsa de atletismo para estudar na Universidade de Notre Dame. Mais tarde, quando um de seus filhos começou a se interessar pelo esporte, decidiu doar quase um milhão de dólares para recuperar a pista de corrida da escola pública local. Pouco tempo depois, Sparks, sendo ele mesmo um desportista experiente, se voluntariou para ser treinador da equipe, constituída principalmente por jovens de baixa renda. O escritor se envolveu profundamente com os estudantes, a ponto de muitos deles frequentarem sua casa, até mesmo nas ceias de Natal. Com o programa de Sparks, a equipe rapidamente se tornou uma das melhores do país. Para ele, o importante é dar aos atletas a oportunidade de estudarem em universidades, através da concessão de bolsas: “A maioria dessas crianças são os primeiros de suas famílias a irem para a universidade”.

Fundador da Escola Epiphany

Em 2005, Nicholas e sua mulher resolveram apadrinhar uma família de Nova Orleans, após o Furacão Katrina. A convite de Sparks, a família se mudou para New Bern, onde ele e sua mulher teriam melhores condições de ajudá-los. Foi nesta época que os Sparks começaram prestar maior atenção à oferta de escolas na cidade, considerando suas idéias e valores sobre educação.

Assim, em 2006, o casal se uniu a Tom McLaughlin para fundar The Epiphany School. Em reuniões com a comunidade, gerou-se um consenso de que a escola deveria ser um espaço onde estudantes de todas as religiões teriam uma educação completamente global, em um ambiente Judaico-Cristão tradicional e rigoroso.

Atualmente com 300 alunos, The Epiphany School tem por missão incentivar seus estudantes a perseguir um aprendizado para a vida toda, liderança corajosa, discipulado leal e serviço compassivo. Voltada para o desenvolvimento da mente, corpo e espírito dos alunos, a escola visa auxiliá-los na descoberta e expansão dos seus próprios dons.



A Editora Novo Conceito:

Fundada em 2004, a Editora Novo Conceito desenvolve publicações de qualidade, afinadas com os acontecimentos do mundo globalizado. Com temas atuais, lançamentos internacionais e nacionais, vem apontando tendências nas áreas de negócios, empreendedorismo, literatura, comportamento, atualidades, biografias, medicina e saúde, que contribuem há vários anos para a formação de profissionais, para a pesquisa científica e cultura em geral.

Primeiro fruto da experiência da Tec Holding, a Editora Novo Conceito já possui mais de 80 títulos publicados.

Ficha Técnica:

Título: Noites de Tormenta
Editora: Novo Conceito
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 173
Preço: R$ 29,90

__________________________________
Marla Cristina Brito
Pensar Comunicação

Siga-me por Email