Educando e convivendo com crianças e adolescentes

Limites e disciplina sem agressividade



Como corrigir o filho quando ele age de forma inadequada? Conversar, bater, castigar, qual é a melhor maneira de educá-lo? Essas perguntas vêm sendo muito discutidas, principalmente por conta da polêmica “lei da palmada” – ainda não sancionada –, que proíbe os pais de praticarem qualquer tipo de punição considerada agressiva contra os filhos.

Com o objetivo de ajudar a família a encarar esses momentos, a Paulus lança a obra "Educando e convivendo com crianças e adolescentes – Limites e disciplina sem agressividade". Escrito por Janet Marize Vivan, psicóloga especialista em maus-tratos contra crianças e adolescentes, o livro apresenta algumas questões sobre a violência no âmbito familiar, que não se restringe apenas às agressões céticas, mas também à psicológica, sexual e negligência, que consiste em deixar o filho fora da escola, não proporcionar atendimento médico etc.

Janet traz um pouco do que presencia durante as consultas realizadas com as famílias, e disponibiliza algumas declarações de seus pacientes que marcaram sua carreira, as mesmas que também a motivaram a redigir a obra. “As falas das crianças, adolescentes e seus cuidadores são o fundamento, são a alma deste livro. Foi a partir delas que aprofundei o meu entendimento e consegui compreender o que é estar na pele de cada um deles, tornando esta obra um testemunho vivo da dinâmica destes relacionamentos”, afirma a autora.

No decorrer das páginas, o leitor encontrará depoimentos de pais e filhos como estes: “Para que ele faça alguma coisa, é só com grito, só com ameaça, senão não tem jeito” e “Me tratam como uma coisa, parece que nem sou gente, é só grito, pancada, cobrança, coisa ruim, sei lá, família devia ser outra coisa. Eles não me respeitam”.

Dessa forma, Janet sugere mudanças efetivas no papel do educador, sempre buscando exercer o respeito, a disciplina e os limites por meio da firmeza e não da agressividade. “Quando a correção ou orientação é feita de forma agressiva, a única mensagem que fica registrada é a agressividade. O conteúdo educativo pretendido não é absorvido, se perde”, alerta.

Da coleção Pedagogia e Educação, Educando e convivendo com crianças e adolescentes – Limites e disciplina sem agressividade é um excelente material que pretende levar às famílias e também a todas as pessoas comprometidas com a educação maneiras eficazes de lidar com crianças e jovens, sem o uso da violência.

Janet Marize Vivan nasceu em Caxias do Sul (RS). É formada em Psicologia pela Universidade de Caxias do Sul e pós-graduada pela Universidade de São Paulo em Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes. Há sete anos, trabalha como psicóloga em um ambulatório municipal que atende crianças e famílias em situação de violência (física, psicológica, sexual) e negligência. Também é orientadora e facilitadora de cursos e capacitações para pais e educadores, promovendo a construção de relacionamentos saudáveis entre adultos, crianças e adolescentes.

Ficha Técnica:
Título: Educando e convivendo com crianças e adolescentes - Limites e disciplina sem agressividade
Autor: Janei Marize Vivan
Coleção: Pedagogia e Educação
Paginas: 76
Preço sugerido: R$ 9,00
Fonte: assessoria de imprensa da Paulus Editora

Siga-me por Email