AIDS depois dos 50 é tema de livro escrito por professor da Universidade de Mogi das Cruzes

Obra mostra o impacto do vírus HIV na vida de pessoas acima de 50 anos e sua interferência no comportamento psicológico e social

O Dr. Jean C. Gorinchteyn, médico infectologista e professor adjunto da disciplina de Doenças Infecto parasitárias (DIPA) do curso de medicina da Universidade de Mogi das Cruzes, acaba de lançar o livro “Sexo e AIDS depois dos 50”.

Com prefácio do Dr. David Uip, uma autoridade da infectologia no Brasil, o livro trás, também, depoimentos de Lima Duarte, Adriane Galisteu, Paulo Goulart e Nicete Bruno.

Na obra, o autor mostra o impacto do vírus HIV na vida de pessoas acima de 50 anos, o drama vivido por seus pacientes - muitos dos quais casados, com filhos e netos - e revela como a doença interfere no comportamento psicológico e social. Revela, ainda, exemplos de vida e superação de alguns pacientes, por meio de seus depoimentos.

O tema do livro é inédito e surgiu entre 1995 e 1996, enquanto o Dr. Gorinchteyn trabalhava no ambulatório da terceira idade do Serviço Social do Comércio (SESC) e no Instituto de Infectologia Emílio Ribas. “Fazendo a avaliação clínica dos associados acima de 60 anos do SESC, percebi o quanto pessoas dessa faixa são ativas e cheias de vontade de viver.

 Ao mesmo tempo, comecei a notar nos meus atendimentos no Emílio Ribas a chegada de pacientes acima dos 60 infectados pelo vírus da AIDS. Eu e meus colegas julgávamos a infecção como resultado de transfusões de sangue e seus derivados, já que na época essa forma de contágio representava um grande problema. O fator “sexo” não era considerado, e a realidade nos mostrou que estávamos redondamente enganados”, explica.

A constatação de que a infecção pelo vírus HIV por meio de relações sexuais em pessoas acima de 50 anos era uma realidade, levou o Dr. Gorinchteyn a pesquisar mais profundamente o assunto. Foram estudados o histórico de 121 pacientes infectados com o vírus, que passavam por tratamento no hospital Emilio Ribas.

O livro conta com 10 capítulos, nos quais são transcritos o depoimento de alguns pacientes e traz um panorama sobre a AIDS no Brasil e no mundo. A obra ressalta, ainda, o importante papel do Hospital Emílio Ribas, analisa o diferente impacto da doença nos homens e nas mulheres, esmiúça a influência que a doença exerce sobre o estilo de vida dos infectados, e tira as principais dúvidas sobre a AIDS, seu contágio, diagnóstico e tratamento.

Livro: “Sexo e AIDS depois dos 50
Editora: Ícone
Número de páginas: 124
Preço sugerido: R$ 21,00

Fonte: assessoria de imprensa Jésika Bassanezi

Siga-me por Email