“Adeus, mundo cruel – Como superar fracassos e se tornar um suicida de sucesso”


O livro “Adeus, mundo cruel – Como superar fracassos e se tornar um suicida de sucesso” (Editora Matrix) é uma sátira ao suicídio e expõe o tema como uma grande piada, como se fosse um livro de autoajuda. O autor Balmaceda Parker decidiu abordar o assunto de uma forma inusitada com o intuito de conscientizar os leitores sobre a tolice do ato de suicidar-se.

No livro, Balmaceda classifica 18 das mais diversas tentativas de suicídio de acordo com a eficácia, originalidade e valor histórico de cada uma. Todos os exemplos de técnicas suicidas expostas no livro trazem curiosidades interessantes, como as tentativas de alguns suicidas famosos, e ainda apresenta ilustrações criadas pelo ilustrador Caeto, o que torna o livro ainda mais divertido.

O autor ainda criou um modelo de carta de despedida, elaborado de forma mais prática e confortável para o suicida, que terá apenas que assinalar os motivos do suicídio.

Em um trecho do livro, Balmaceda fala sobre a carta de despedida: “Ao se despedir, a vítima deve procurar ser sucinta e objetiva. Não é preciso dizer ao que veio (basta dizer ao que vai), nem ficar remoendo teorias conspiratórias sobre as mortes de Kennedy ou Tancredo.”

Ao decorrer das páginas, cita algumas curiosidades, como:

“Eva Braum (1912-1945), esposa de Hitler, matou-se bebendo champanhe com cianureto. Chique no último.”

“Temístocles (525-460 c.C.), é uma exceção à regra: ele teria se matado bebendo uma mistura de sangue de boi com veneno.”

Uma obra que quer que o leitor morra. Mas apenas de rir.

Sobre o autor:
Balmaceda Parker é um personagem criado por um humorista que não revela sua identidade. Segundo ele, Balmaceda nasceu no País de Gales e veio ao Brasil antes de aprender inglês. Morou em Minas Gerais, onde cursou da pré-escola à 5ª série. Em seguida, fugiu com o circo, mas depois de algum tempo decidiu retomar os estudos e hoje é uma das maiores autoridades em assuntos gerais do planeta.

Ficha Técnica:
Adeus, mundo cruel:
104 páginas
R$ 22,00

Algumas ilustrações de Caeto:
                               





Carta de despedida:

 


Fonte: assessoria de imprensa institucional

Siga-me por Email