Livro traz curiosidades sobre a infância e a obra de Schubert

De forma lúdica e divertida, Callis Editora mostra às crianças a trajetória de um dos maiores compositores do século XIX




A obra “Schubert” revela curiosidades sobre a infância e a obra de uma das maiores compositores da história. Schubert nasceu em 1797, na cidade de Liechtental, subúrbio de Viena. Aos 8 anos, o menino já era capaz de interpretar algumas peças fáceis, graças ao pai, que lhe ensinou alguns rudimentos de violino.

Schubert sempre foi uma criança prodígio! Aos 11 anos já tocava violino e fazia solos de soprano no coral da Igreja. O talento do adolescente era tão grande, que ele chegou a substituir seu professor, tocando órgão.

Décimo segundo filho de uma família humilde, Schubert, que sonhava em viver de sua música, tornou-se professor de magistério. Mas, durante os dois anos que atuou na profissão, ao invés de corrigir lições, devolvia os cadernos dos alunos rabiscados com notas musicais. Só nesse período compôs mais de duzentas obras.

Após a enorme dificuldade em viver da sua música, descobriu-se um exímio compositor do “lied”, canção lírica cantada. Ao todo, realizou 600 composições nesse estilo.

Mergulhado na depressão e em doenças físicas como sífilis e tifo, os últimos anos de sua vida, foram de solidão. Faleceu um 1828 com apenas 31 anos.

A “Coleção Crianças Famosas” traz de forma lúdica e com uma linguagem simples a infância de artistas como Anita Malfati, Bach, Cartola, Jorge Amado, Castor Alves e Picasso.

Ficha Técnica:
Título: “Schubert” - Crianças famosas
Editora: Callis Editora
Autor: Ann Rachin
Ilustrações: Susan Hellard
N. de páginas: 24
Preço sugerido: R$ 19,90

Fonte: assessoria de imprensa Retoque Comunicação

Siga-me por Email