Autora gaúcha Fernanda Carlos Borges participa da 27ª Feira do Livro de Caxias do Sul


Livro ambientado na cidade gaúcha de Torres apresenta releitura antropofágica da obra do filósofo francês Jean-Paul Sartre, prêmio Nobel de Literatura em 1964

A obra marca a chegada da nVersos ao mercado editorial com o intrigante Torres em Transe

A relação entre a personagem principal e seus antepassados em um cenário  curioso - a cidade gaúcha de Torres - ao lado de outras paisagens mágicas impulsionam a narrativa de Torres em Transe, livro que marca a chegada da  nVersos ao mercado editorial brasileiro. Ainda, na obra há colagens e fotografias do artista plástico Ricardo Castro, que ilustra as sensações da personagem e da paisagem de Torres. A autora participa da 27ª Feira do Livro de Caxias do Sul, palestrando sobre Memória  e Literatura, das 16h às 17h, seguido de autógrafos.

Assinado por Fernanda Carlos Borges, pela filosofa professora doutora, Fernanda Carlos Borges, pós-doutora em arte pela Unicamp - SP, Torres em Transe trata de questões da intimidade de Maria Aparecida, que decide voltar à sua cidade de origem a fim de resgatar momentos vividos no passado, além de se auto-avaliar, mas desaparece sob circunstâncias desconhecidas. Os acontecimentos que antecedem sua ausência ficam relatados em um diário, encontrado logo após seu misterioso sumiço.

Antes da sua viagem para Torres, no entanto, Maria Aparecida é acometida por um súbito mal-estar que a faz ficar obcecada por seus antepassados. Na cidade, o mal-estar dá lugar a estados mágicos, que permitem à protagonista nova perspectiva sobre o passado e as relações sociais locais. A intensificação do transe permite que fatos históricos relativos à cidade gaúcha - como a chegada dos alemães, por volta de 1830, e a instalação do Grande Hotel em meados do século XX – ganhem contornos inusitados no inconsciente da personagem.

Nos dias narrados no diário, Maria Aparecida é acometida pelo impulso de realizar colagens com cartões postais, fotos atuais e antigas, na tentativa de “compor os pedaços torrenses”, atribuindo facetas humanas à fascinante paisagem natural da cidade.

A incógnita com relação ao paradeiro de Maria Aparecida garante a atenção do leitor. A revelação de seus últimos momentos nos escritos deixados por ela remete pistas sutis sobre o que realmente aconteceu. Entre os demais personagens da trama, há os que apostem que seu desaparecimento seja resultado de um milagre ou de um fenômeno sobrenatural.

Alta literatura

Com posfácio de Alessandra Squina Santos, Doutora em Literatura pela University of California, Los Angeles (UCLA), a obra segue a proposta antropofágica de Oswald de Andrade. Torres em Transe eleva a cidade e o destino da protagonista da história a um estado mítico que, assim como produz a remissão da personagem, produzirá também a redenção do leitor.

Segundo a autora, o enredo seduz em vista da superação e do isolamento individual, da descrição de estados ampliados de consciência que muitos vivem (mas poucos revelam) e pela relação que todos têm com sua situação de origem.

Sobre a autora
Sobre a autora
Fernanda Carlos Borges é filósofa – graduada pela PUC de Porto Alegre, professora universitária Centro Universitário SENAC, atriz, mestre em Ciências da Motricidade, pela UNESP - SP, doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC - SP, pós-doutora em Artes – Unicamp e pesquisadora da relação entre corpo, consciência e cultura. Formada em Psicanálise Neo-Reichiana pelo Instituto Ágora. É autora de "A Mulher do Pai", "A Filosofia do Jeito" e “Manobras da Existência”.

Serviço:
O que: Palestra sobre Memória e Literatura
Onde: Feira do Livro de Caxias do Sul - Auditório do Evento          
Data: 08 de outubro de 2011       
Horário: das 16h às 17h
Endereço: Praça Dante Alighieri

Torres em Transe
De Fernanda Carlos Borges
88 páginas, ISBN: 978-85-64013-45-2, Preço R$ 34,90
nVersos Editora /  WWW.nversoseditora.com.br

Sobre a nVersos Editora
A nVersos Editora nasceu em 2011 com o propósito de elevar a cultura e o acesso à literatura contemporânea, clássica e segmentada. Tem também, como objetivo, explorar novos processos de produção de conhecimento e divulgar a pluralidade dedicada ao desenvolvimento pessoal e social por meio da criação textual, com autores de renome e com prêmios no âmbito intelectual, literário e cultural.

Fonte: Parceria 6 assessoria de imprensa

Siga-me por Email