Você é aquilo que come

Através da própria experiência, o tenista Novak Djokovic fala sobre a importância da alimentação na vida cotidiana das pessoas


Novak Djokovic é um atleta acima da média. Natural de um país dividido por uma guerra civil, passou sua infância e adolescência fugindo de bombas e, às vezes vivendo à base de pão e água. Não desistiu e, mesmo tendo que se esconder ou treinar sobressaltado por conta dos bombardeios, se tornou o melhor tenista do mundo, encabeçando o ranking da ATP por dois anos consecutivos. Nem é preciso dizer que o caminho que o levou ao sucesso teve percalços, fracassos e descobertas. No livro “Sirva para vencer – a dieta sem glúten para a excelência física e mental”, lançado pela Editora Évora, Djokovic narra sua trajetória até o pódio e reforça o ditado popular – “você é aquilo que você come”. Antes de mostrar a solução, Djokovic decreve todos os problemas que teve enquanto participava de torneios, onde passava mal, se distraia, e perdia as forças para jogar, e competir, muitas vezes em partidas decisivas. Ganhou apelidos, trocou de técnicos e até ouviu de muita gente que não treinava suficiente, ou ainda, que era muito doente e fraco.

Em 2010, enquanto o mal estar começou a devastá-lo durante uma partida no Australian Open, um nutricionista da Sérvia, Igor Cetojevic, zapeando a TV e assistindo ao seu colapso ao vivo, quis falar com Djokovic – “Na opinião dele, era minha alimentação. Mais especificamente, ele percebeu que meus problemas respiratórios eram resultado de um desequilíbrio no sistema digestivo, o que provocava um acúmulo de toxinas nos intestinos”.

Depois disso o tenista recebeu acompanhamento médico e resolveu narrar sua experiência em “Sirva para vencer”. No livro, a partir de sua própria experiência ele lembra que - “Não estou prescrevendo nada; não sou médico e nem nutricionista. Estou apenas recomendando que você abra a mente, dê uma chance a essas diversas ideias”, além de recomendar que cada um de nós ouça as mensagens que nosso corpo manda a todo o momento, Djokovic lembra do relógio corporal - “a ideia que nossos corpos têm um cronograma diário e que cada órgão tem sua hora quando o corpo está se autocurando. De acordo com a tradição chinesa, cada órgão de nosso corpo está “em manutenção” mais ou menos nos seguintes horários”. O autor lembra também que “a comida é informação” e, que as pessoas devem mudar seu jeito de se alimentar para que o corpo viva bem, é enfático ao afirmar que “a medicina oriental ensina a alinhar a mente, o corpo e a alma. Quando você tem sentimentos positivos na mente – amor, alegria, felicidade – isso afeta seu corpo”.

“Sirva para vencer – a dieta sem glúten para a excelência física e mental” de Novak Djokovic chega ao Brasil pelo selo Generale, da Editora Évora e está disponível em todas as livrarias ou pelo site – www.editoraevora.com.br

 Sobre o autor: Novak Djokovic é um tenista servio ranqueado mundialmente em primeiro lugar pela ATP (Association of Tennis Professionals). Ele é considerado um dos melhores jogadores de tênis do mundo de todos os tempos.

Sobre o livro: 
Título: Sirva para vencer
Subtítulo: A dieta sem glúten para a excelência física e mental
Autor: Novak Djokovic
Assunto: Dieta 
Preço: R$ 39,90
Páginas: 202


Sobre  a Editora Évora: A Editora Évora (www.editoraevora.com.br) chegou ao mercado com uma proposta inovadora, pautada em obras de qualidade, com conteúdos de alta relevância e inovadores que agreguem valor aos leitores e os ajudem a realizar objetivos e projetos pessoais e profissionais com excelência. O catálogo da editora conta com obras de ficção e não ficção, de autores relevantes nacionais e internacionais.

Fonte: Digital Trix 

Siga-me por Email