Livro de Rugendas é destaque em leilão 
na Semana da Pátria em São Paulo

“Uma verdadeira relíquia”. É assim que o leiloeiro Luiz Fernando Dutra classifica o livro de Maurice Rugendas, “Voyage Pittoresque dans Le Brasil”, impresso por Engelman & Cie, em Paris, em 1835, com mais de 100 pranchas litografadas sobre o Brasil, em especial com diversas paisagens do Rio de Janeiro, e que estará em exposição, na Vila Nova Conceição, em São Paulo, durante a Semana da Pátria, indo a leilão dia 9 de setembro, às 21 horas.

Com raríssimos lotes alusivos à história da cidade do Rio de Janeiro, o evento, que acontecerá durante a semana da Pátria, expõe grande coleção de fotografias e gravuras originais de paisagens da cidade maravilhosa, realizadas por diversos autores do século XIX e XX, além de quadros, litografias, livros antigos e raros, esculturas, móveis e peças pertencentes à nobreza brasileira, totalizando 559 lotes em três dias de leilão.

De acordo com Dutra, além do raríssimo exemplar de Rugendas, esse leilão traz outros destaques, dentre eles:

Quadro “O Modelo”, de Anita Malfatti, pintado em Paris em 1926, tendo participado de inúmeras exposições da artista, sendo considerado um dos quadros mais importantes da obra da artista; 
Aquarela de Antonio Gomide – Nu Feminino da década de 1930;
Vista do Rio de Janeiro – Primorosa litografia aquarelada de Eugene Cicéri e Casanova editada pela tipografia Leuzinger do Rio de Janeiro em 1849;
Raríssima série de quatro vistas panorâmicas litografadas por F. Briggs e aquareladas em Londres em 1837 que, quando juntas, formam grande painel panorâmico da cidade do Rio de Janeiro com 30,5 x 238 cm de comprimento;

Exemplar histórico do grande projeto de fortificação da Cidade Rio de Janeiro, do Brigadeiro Jaques Funk , datado de 1791 e composto por proposta manuscrita e quatro planos de fortificações em Santa Teresa, São Diogo e vista da Ville de Rio de Janeiro com as fortificações propostas;

Refinada coleção de arte sacra, com destaque a imagem do Senhor Bom Jesus do século XVIII de madeira policromada com 129 cm de altura; e a imagem de Santa Bárbara do século XIX, com 165 cm de altura e que tem ao seu lado uma torre oca com segredo de época;

Prataria do século XIX com o faqueiro da Fazenda Resgate, de Bananal, com as iniciais de João Alvares Rubião Junior;

A primeira edição inglesa do clássico de Luiz de Camões “Os Lusiadas”, datada de 1615, e inúmeros exemplares da chamada “Coleção Brasiliana”.

Com relação aos objetos, Dutra destaca ainda a exposição de um canhão de advertência com brasão imperial, esculturas de bronze e mármore de autores brasileiros e europeus, além de interessante e curiosa coleção de arte africana e indígena e porcelanas “Companhia das Índias”. 

Serviço: 
Exposição até 7 de setembro de 2015, das 14 às 21 horas
Leilão 8, 9 e 10 de setembro de 2015, a partir das 21 horas
Local da exposição e do leilão: Rua João Lourenço, 79 – Vila Nova Conceição – São Paulo – SP


Fonte: Vervi Assessoria de Imprensa

Siga-me por Email