Lançamento

Segundo livro da série de Sarah J. Maas traz 
uma protagonista ainda mais poderosa

 Em “Corte de névoa e fúria”, Feyre é uma Grã-Feérica, mas isso não deixa sua vida mais fácil


Em “Corte de espinhos e rosas”, livro de estreia desta nova série de Sarah J. Maas, a protagonista Feyre chegou a morrer nos braços da vilã Amarantha, mas renasceu, agora como Grã-Feérica, graças aos poderes combinados dos setes senhores das cortes do mundo feérico. “Corte de névoa e fúria”, a sequência da história, chega às livrarias em setembro para mostrar como Feyre seguiu a vida, depois de quebrar a maldição que castigava o povo de Tamlin, seu amado.

Apesar do final feliz, as coisas não andam exatamente um mar de rosas na vida da protagonista. Seu coração permanece humano e, assim, ela se culpa e se tortura pelos feéricos que foi obrigada a matar durante todo o embate com Amarantha. Além disso, ela agora precisa cumprir o trato feito com Rhys, o senhor da Corte Noturna. Enquanto se esforça para reestruturar a vida ao lado de Tamlin na Corte Primaveril, ela aos poucos começa a perceber que é ao lado de Rhys que se sente mais completa.

Com o coração dividido, ela agora é mais poderosa do que nunca, e vai ser peça essencial de uma guerra que se aproxima. Mais grave do que Amarantha, este novo mal ameaça não apenas o mundo dos feéricos, mas também a vila dos humanos e a proteção da muralha.

Nesta série, Sarah J. Maas se inspira livremente no clássico “A bela e a fera”, com a diferença de ter criado uma protagonista feminina forte, poderosa e independente. Ela fez o mesmo em sua saga anterior, “Trono de vidro”, onde narra a jornada da assassina e heroína Celaena – com breves inspirações na história de Cinderela.

Ficha Técnica: 
Corte de Névoa e Fúria - (A court of mist and fury)
 Sarah J. Maas
Páginas: 658
Valor sugerido: R$ 49,90
Tradução: Mariana Kohnert
Editora: Galera | Grupo Editorial Record


Sarah J. Maas escreveu a série “Trono de vidro”, sucesso mundial e best-seller do New York Times. Os quatro primeiros títulos já foram publicados no Brasil pela Galera. Frequentemente citados em listas de melhores livros young adults e associados a discussões sobre feminismo,os livros  têm como protagonista e heroína a assassina Celaena. “Trono de vidro” teve ainda seus direitos comprados por um estúdio e deve se transformar numa série de TV em breve.

Siga-me por Email