Leia e se apaixone pela literatura
de Marina Carvalho


Como falar de Marina Carvalho sem pensar em literatura? A autora conta que tudo começou em 2011, onde encorajada pela sua amiga começou a escrever e colocar vida para sua imaginação, “Não foi um processo fácil, tive que adaptar um tempo da minha semana para me dedicar a escrita e também esperar o processo criativo que pode vir a acontecer a qualquer hora”, destaca. Atualmente Marina tem 10 livros publicados com diversas narrativas para agradar a todos os gostos e agora no último semestre de 2019 lançará mais uma obra. Enquanto não temos esse lançamento em mãos deixaremos um compilado com todas as sinopses para você se encantar e se prender na leitura.

O primeiro livro intitulado “Simplesmente Ana” traz a história de Ana que descobre que seu pai é um rei! E ainda mais que quer a preparar para assumir seu lugar como herdeira e entre fortes decisões e conflitos internos a personagem desenrola seu enredo para um final feliz.

Marina logo em seguida partiu para o lançamento do seu segundo livro em 2013 “Ela é uma Fera!” que é uma releitura do clássico de William Shakespeare “A Megera Domada”, onde ela apresenta o grupo de personagens decisivos para a história, Clara, menina muito bonita que tem como admirador o sagas Henrique que quer ter sua chance com a menina, porém o pai de Clara só deixa a menina namorar se a filha mais velha Carolina estiver em um relacionamento. Henrique com suas artimanhas arruma um namorado para a menina chamado Pedro, o badboy da turma, porém os dois não dão certo juntos e traz mais confusão para a vida do jovem casal Clara e Henrique que querem estar juntos. Trazendo uma pitada de comédia e personalidades marcantes de cada personagem é um livro para devorar história por completo e torcer por todo mundo.

Mal o segundo livro foi lançado, em 2014 Marina ressurge com “Azul da cor do mar” que retrata histórias mal resolvidas no passado que surtem efeito no presente. Acaso? Destino ou Loucura? são as perguntas que nos fazemos quando é apresentada a dupla de jornalistas Rafaela e Bernardo que entre brigas e matérias tem que aprender a trabalhar juntos.

Você pensa que a autora iria ficar sem história para contar após esses enredos? A resposta é não! No mesmo ano Marina retorna com “De repente, Ana” continuação de seu primeiro livro que foi muito pedido pelos fãs, afinal a história de Ana não cabia só em um livro.

No meio desses contos de fadas da atualidade, em 2015 foi publicado “Elena - Filha da Princesa” onde nos é apresentado Elena, filha de Ana (SPOILER) que tem que lidar com os cargos da realeza em um mundo atual, com preocupações voltadas ao século XXI e também com o processo de crescer e se tornar alguém importante que orgulhe sua mãe.

Em 2016 trouxe mais uma novidade, “O amor nos tempos de ouro” trazendo desta vez o romance de época e os conflitos que os cercavam, “Como ser uma mulher independente? Como ter liberdade de escolha? Como viver algo maluco sendo que é proibido?” são questões levantadas ao decorrer da narrativa, podemos perceber que Marina englobou temas como igualdade de gênero e empoderamento feminino em uma obra que nos faz refletir e querer agir.

No mesmo ano houve uma publicação surpresa “A menina dos olhos molhados” que traz novamente a história de Rafaela e Bernardo, só que desta vez no ponto de vista do jornalista fechado e antipático para alegrar todos os fãs que gostariam de entender mais sobre o ponto de vista de cada um.

Chegamos agora em 2017, que também tem lançamento? TEM SIM. Marina apresenta “Ao gosto do Chef” onde nos apresenta a protagonista Fernanda, que teve  o melhor dia de sua vida quando tomou posse da diretoria das empresas de sua família e o pior, quando descobriu que não estava se alimentando direito. Astrid, sua secretária, e seu médico a tratam como uma criança voluntariosa que precisasse ser lembrada da hora do lanchinho da tarde. Arrasada, mas disposta a mudar seus hábitos, ela decide ouvir Astrid e contrata um personal cuisine para facilitar sua vida, mal sabendo que tudo iria se embolar mais do que espaguete à bolonhesa.

Logo em seguida a autora apresenta “A história de Malikah” que conheceu muito cedo toda a crueldade de que o ser humano é capaz. Escravizada e trazida ainda criança da África ao Brasil, sofreu as mais diversas formas de violência, especialmente depois de ter engravidado de Henrique, o filho do dono da fazenda onde trabalhava. Mesmo sendo resultado de uma relação de amor, estar grávida de um de seus senhores era uma afronta aos homens da casa-grande, por isso Malikah foi duramente castigada e quase morta. Malikah e seu bebê, Hasan, só conseguiram escapar com a ajuda de Cécile e Fernão, que lhes deram abrigo na Quinta Dona Regina, um lugar novo onde todos, brancos e negros, poderiam viver em liberdade. Porém, mesmo com a relutância de Malikah, Henrique continua por perto, arrependido por não ter protegido sua amada e tentando se aproximar de Hasan, fazendo assim que rendesse altas brigas. O livro também é conhecido como o “O amor nos tempos de Ouro 2” pois além de retornar a história de Cécile e Fernão, traz consigo todo o contexto histórico da época e o discurso de lutar para conquistar o direito à liberdade.

Chegamos ao último livro (até o momento) lançado por Marina Carvalho em parceria com a escritora Laura Conrado que trata sobre a história de Gabi e Lívia, duas apaixonadas por livros, se conheceram em uma comunidade sobre literatura em uma extinta rede social e não imaginavam que se tornariam melhores amigas e que criaram um blog de resenhas literárias, o Literalmente Amigas, que as renderiam altas histórias para contar e viver.

Fique de olho! A autora ainda tem muitas histórias para contar, trazendo um pouco da atualidade, um pouco da história de vida, uma pitada de criatividade e muitos personagens apaixonantes.

Fonte: assessoria de imprensa

Siga-me por Email