Teatro Sérgio Cardoso convida para lançamento e noite de autógrafos da biografia de Antonio Abujamra
Escritora e crítica de teatro, Ida Vicenza lança "Antonio Abujamra - 
Calendário de Pedra - uma biografia", no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo
Em 2008, Ida Vicenzia, crítica teatral da Associação Internacional de Críticos de Teatro desde 1991 e escritora – é autora da coletânea de contos “Elogio do Gozo”, indicado ao prêmio Pen Club do Brasil e de peças de teatro encenadas –, recebeu um convite irrecusável de Antonio Abujamra: escrever sua biografia.
“Os seis anos tentando falar com ele não foram uma experiência fácil. Mas foi muito prazerosa, porque desafiadora – para mim”, diz Ida, que achava sempre uma maneira de encontrá-lo, como num jogo de gato e rato, em bares e restaurantes ou nos bastidores dos teatros entre São Paulo, cidade de Abujamra, e o Rio de Janeiro, onde a gaúcha Ida reside.
“Antonio falava através de sua arte”, afirma a autora, que encontrou mais combustível nas entrevistas em revistas, rádio, TV, no programa Provocações, na TV Cultura de São Paulo, e em suas encenações para "Antonio Abujamra - Calendário de Pedra - uma biografia", autorizada pelo próprio Abujamra.
O resultado é uma biografia não convencional, devido especialmente à relação de amizade e o convívio entre autora e biografado. Ida revela detalhes da forte personalidade de Abujamra, fala de suas viagens pelo mundo, seus projetos e, como diz Elias Fajardo na contracapa do livro, “principalmente, de sua luta para fazer um teatro capaz de ajudar na transformação positiva de nosso país”.
Nascido em Ourinhos, interior de São Paulo, o premiado diretor de teatro, um dos primeiros a introduzir os métodos teatrais de Bertolt Brecht e Roger Planchon em palcos brasileiros, era também ator – tendo atuado em diversas novelas, peças teatrais e no cinema. Nos últimos anos ficou conhecido pelo estilo audacioso de suas entrevistas no programa Provocações, da TV Cultura, no ar entre 2000 e 2015, ano de sua morte.
A autora escolheu o Teatro Sérgio Cardoso, palco que recebeu inúmeras vezes Antonio Abujamra e que foi o local de sua despedida, para lançar o livro, que traz em suas 301 páginas mais de 60 ilustrações em preto e branco da extensa carreira que teve início em 1961, ano em que dirigiu "Raízes", de Arnold Wesker, com Cacilda Becker, e  "José de Parto à Sepultura", de Augusto Boal, no Teatro Oficina. A edição inicial de 500 exemplares foi produzida e distribuída pela própria autora.
Sobre a autora
Ida Vicenzia é natural do Rio Grande do Sul e reside atualmente no Rio de Janeiro. Jornalista, Pesquisadora e Crítica de Teatro, formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (USP), Doutora em Letras pela PUC-Rio, com especialização em dramaturgia. Prémio Monografia 2004, Fundação Casa de Rui Barbosa, com a tese de Doutorado "A Dama da Lua", sobre Cecília Meireles, primeiro volume da trilogia teatral de sua autoria, ainda inédito. O segundo volume, "O Teatro Católico de Octavio de Faria", foi editado em convénio com a Fundação Casa de Rui Barbosa (Pós-Doutorado) e FAPERJ. O terceiro exemplar é a biografia de Antonio Abujamra.
A pesquisadora possui alguns livros publicados: "A História da Dança no Brasil", Atração/SP, o infantil "Sabática, a Gata Lunática", Mauad/RJ; o acima referido sobre Octavio de Faria e um livro de contos: "Elogio ao Gozo" (citado para prêmio pelo Pen Club do Rio de Janeiro). As biografias resumidas de Alberto de Faria, Vicente de Carvalho, Lauro Muller e Pereira da Silva foram editadas pela Academia Brasileira de Letras/ Imprensa Oficial de São Paulo, para a "Série Essencial". Em andamento a minibiografia de Joaquim Caetano, da ABL. Todos os livros são acompanhados de antologias de suas obras. Como dramaturga, Ida Vicenzia possui "Maria Quitéria", peça encenada em Salvador, Bahia, no Teatro do ISBA, e "Sinal Vermelho", com leitura dramatizada na "Noite Italiana" da Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro. Ida Vicenzia também é autora de "Um Certo Anjo Barroco", sobre Laura Alvim e "A Vida É... Uma Comédia!", ambas inéditas.
Título: Antonio Abujamra - Calendário de Pedra - uma biografia
Autor: Ida Vicenzia
Edição: 1ª
Idioma: Português
Páginas: 301
Assunto: Biografia
Preço: R$ 55,00
Serviço:
Evento: Lançamento e noite de autógrafos
Dia e horário: 25 de setembro (quarta-feira), das 18h às 21h
Local: Teatro Sérgio Cardoso - R. Rui Barbosa, 153 - Bela Vista, São Paulo - SP
Fone: 11 3288-0136

Sobre o Teatro Sérgio Cardoso
O Teatro Sérgio Cardoso é um dos espaços culturais mais tradicionais de São Paulo e completa 40 anos em 2019. Um dos últimos teatros de rua da cidade, recebe grandes produções artísticas. Conta com uma sala principal de 800 lugares, um dos maiores palcos do Brasil, e a sala Paschoal Carlos Magno com capacidade para 144 pessoas. Está localizado no tradicional bairro do Bixiga, no centro de São Paulo. Saiba mais em: http://www.teatrosergiocardoso.org.br
Conheça também as redes sociais do Teatro Sérgio Cardoso:
Sobre a APAA – Associação Paulista Dos Amigos Da Arte
A APAA é uma Organização Social de Cultura que trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e iniciativa privada desde 2004. Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da APAA, que tem como objetivo difundir a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos como o Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, Teatro Estadual de Araras e o Museu da Diversidade Sexual.
Saiba mais em: https://apaa.org.br 
Conheça também as redes sociais da APAA:

Fonte: assessoria de imprensa

Siga-me por Email