Editora Flyve muda sua sede e aumenta

vagas para publicação de autores 

Editora se estabeleceu em Uberlândia pela centralidade e agora

oferece mais

espaços para publicação pelo selo Voe




A editora Flyve fixou sua sede na cidade de Uberlândia, no estado de Minas Gerais, buscando novas oportunidades para seus escritores. A decisão foi tomada ainda em 2020 devido à localização central da cidade, visto que Uberlândia fica entre capitais como São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Curitiba, além de ser um centro logístico nacional.  A Flyve ainda anunciou aumento nas vagas para os escritores se inscreverem e publicarem pelo selo Voe.


“A Serra Gaúcha, onde a Flyve estava antes, é um local de difícil acesso para a logística de livros. Além disso, a maior parte dos autores da Flyve vem de estados do norte, nordeste e centro-oeste. O Sul representa uma porcentagem bem menor”, explica Lucas de Lucca, editor da Flyve. A mudança não altera o processo de compra para o leitor, apenas agiliza o recebimento dos livros e permite que a editora procure novas maneiras de auxiliar o autor. 


“A mudança não vai alterar apenas a posição da editora, mas também deve trazer várias novidades na experiência de receber um livro da Flyve em casa e, quem sabe após a pandemia, encontrar exemplares nas livrarias”, afirma Lucas. O editor também explica que outras melhorias estão a caminho e que a editora pretende intensificar o trabalho de formação dos escritores quanto ao mercado. “ Queremos que nossos autores alcem voos grandes e para isso não há outro caminho se não o de procurar compreender o mercado, crescer com ele e mostrar para os autores como podem investir em suas obras”, diz Lucas. Atualmente a Flyve oferece, além dos serviços editoriais, cursos gratuitos e orientação quanto ao meio.


A editora, inclusive, está disponível para receber novos escritores em sua casa editorial:“Quando o selo Voe nasceu e começou a ter inscrições numerosas, mostrou que os autores brasileiros precisavam de uma opção como essa e que não estavam encontrando nada assim no mercado. De uma pequena casa com poucos autores passamos a ser uma casa que lança quase uma centena de títulos no ano, com milhares de exemplares sendo impressos e lidos”, completa Lucas.



Chamada aberta para originais pelo selo Voe


A editora está constantemente aberta para receber novos originais para o selo Voe, que tem uma dinâmica própria: o editor avalia se o original tem potencial comercial, caso seja aceito, tanto autor como equipe editorial trabalharão no projeto, que terá uma meta de vendas durante a pré-venda. Se o autor conseguir vender a meta completa, não precisará pagar nada à editora.


“Com as inscrições aumentando fomos nos adaptando, aumentando as equipes e, principalmente, investindo mais em marketing para os livros publicados”, explica o editor que também oferece um curso gratuito para todos os escritores da casa, no qual busca ajudá-los a conseguirem alcançar as metas de vendas e iniciar suas carreiras. No entanto, ele admite que, apesar de todo o suporte da Flyve, é imprescindível que o escritor busque se profissionalizar e vender seus livros, para conseguir se destacar e publicar sem custos.


Os interessados podem conferir o processo de submissão de originais no site da editora e acompanhar as novidades pelo Instagram oficial da Flyve.



Saiba mais sobre a editora Flyve


A Flyve é uma editora de livros nacionais que busca sempre inovar e dar oportunidade para seus parceiros e escritores.  Com uma equipe pequena, mas eficaz e competente, a Flyve vem se estabelecendo no mercado e proporcionando o voo de muitas histórias. 



Mais informações:

Site: https://www.editoraflyve.com/

Instagram: https://www.instagram.com/editoraflyve/

Siga-me por Email