Destaque - 54ª Feira do Livro Infantil de Bolonha

Câmara Brasileira do Livro confirma a participação do 
Brasil na 54ª Feira do Livro Infantil de Bolonha

O país estará representado por 15 editoras apoiadas pelo Brazilian Publishers e
 pretende conquistar US$ 320 mil em novos negócios


De 3 a 6 de abril, acontece a 54ª Feira do Livro Infantil de Bolonha, considerado o evento de negócios mais importante para o setor nos segmentos infantil e juvenil. Como nas últimas edições, o Brasil estará representado pelo Brazilian Publishers, projeto da Câmara Brasileira do Livro em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Para representar o país, um estande de 96m² do Brazilian Publishers contará com a presença de 15 editoras reconhecidas pela sua atuação no mercado infanto-juvenil. São elas: Autêntica, Bom Jesus, Callis, Companhia das Letras, Cortez, Cria, Editora do Brasil, Escala, FTD, Girassol, IMEPH, Melhoramentos, Pallas, Sesi/Senai e Todolivro. “Já somos reconhecidos no exterior pela nossa produção infanto-juvenil, mas é preciso seguirmos investindo para alcançarmos cada vez mais o mercado internacional, marcando presença em eventos tão relevantes quanto a Feira de Bolonha”, afirma Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro.

O retorno positivo conquistado nas feiras de Frankfurt e Guadalajara, que geraram bons resultados com a exportação de direitos autorais e livros físicos, reforça as grandes expectativas das editoras para Bolonha. “A Feira de Bolonha é um evento extremamente importante para o mercado Brasileiro uma vez que possuímos forte produção editorial infantil, grandes ilustradores e uma paleta de cores que encanta o mundo. Assim como nas outras edições, queremos trazer um ótimo resultado em negociações com outros países. Nossa expectativa para essa edição é conquistar 320 mil dólares em volume de negócios”, destaca o gerente de Relações Internacionais da CBL, Luiz Alvaro Salles Aguiar de Menezes.

Além da participação na feira, o Brasil poderá conquistar um grande prêmio, recebido uma única vez, em 2013, pela Cosac Naify. Fruto do reconhecimento por seu trabalho, a Companhia das Letras – editora apoiada pelo Brazilian Publishers - concorre esse ano ao prêmio de melhor editora de livros infantis em Bolonha, o Bologna Prize Best Children´s Publishers of the Year. A editora concorre com a Babel Libros (Colômbia), Ediciones El Naranjo (México), Fondo de Cultura Económica (México) e Tecolote (México).

Sobre a CBL
Fundada em 20 de setembro de 1946, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) congrega editores, livreiros, distribuidores e creditistas de todo o Brasil com o objetivo maior de valorizar o livro e, assim, desenvolver e ampliar o mercado. As ações para difundir e estimular o hábito da leitura e a democratização do acesso ao livro são as maiores bandeiras da entidade. A CBL organiza alguns dos mais importantes e tradicionais eventos do setor editorial brasileiro, como a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o Prêmio Jabuti, o Congresso Internacional CBL do Livro Digital e a Escola do Livro, além de participar de feiras nacionais e internacionais. Em 2016 a entidade completou 70 anos.

Sobre o Brazilian Publishers
Brazilian Publishers (BP) é um projeto setorial de fomento às exportações do conteúdo editorial brasileiro, que resulta de uma parceria entre a CBL e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos
(Apex-Brasil). Criado em 2008, o BP tem como objetivo alavancar a participação global do conteúdo editorial brasileiro. O projeto viabiliza a participação das editoras brasileiras nas principais feiras literárias mundiais, a capacitação do mercado editorial brasileiro e o relacionamento entre seus associados e possíveis compradores, visando ampliar a presença de nossa produção editorial no exterior e fomentar a internacionalização da indústria e do mercado nacional do livro.

Fonte: assessoria de imprensa


Siga-me por Email