Novo livro retrata cotidiano de um detetive


"Diário de um Detetive" é lançamento da Chiado Books e traz humor non sense para obra

Desde desvendar roubos de dentaduras, até investigar desvio de dinheiro envolvendo o prefeito da cidade, o livro “Diário de um Detetive” traz histórias de um detetive sem noção, que está resolvendo os casos mais absurdos sempre regado as mais variadas bebidas e personagens com suas loucas particularidades.
A obra é do autor Guilherme Bianchini, escritor de contos, historinhas e diálogos de humor, além de roteiros audiovisuais. “Em 105 páginas, o leitor vai encontrar um dos melhores detetives de todos os tempos que, expõe de maneira absurda, suas dificuldades, medos e prazeres num diário escrito exclusivamente com sua máquina de escrever Remigton”, explica.
As histórias são carregadas de humor non sense, mas os medos e angústias dos personagens trazem sentimentos inerentes a qualquer ser humano. “Diário de um Detetive é meu segundo livro com foco na escrita de humor. Livros de humor não são tão comuns e creio que este traz um pouco de originalidade ao ramo”, afirma o autor.
Destinado ao público jovem adulto, o livro é impresso pela Chiado Books e está disponível no site da editora, além de outras livrarias como Cultura ou Saraiva. O preço sugerido ao varejo é de R$ 30,00.
Sobre Guilherme Bianchini
Nascido em Lajeado, cidade no Sul do Brasil. É formado em Engenharia de Alimentos na Universidade do Vale do Rio dos Sinos, mas nas artes está a sua paixão. Escritor de contos, historinhas e diálogos de humor, dedica-se também a escrever roteiros audiovisuais e se aventura na música.

Fonte: assessoria de imprensa

Siga-me por Email